PUBLICIDADE
Topo

Brasileiros pelo mundo: Firmino e D. Neres fazem gols; Casemiro é expulso

PAUL ELLIS/AFP
Imagem: PAUL ELLIS/AFP
do UOL

Do UOL, em São Paulo

11/03/2019 04h10

Os brasileiros Roberto Firmino e David Neres foram dois dos principais destaques do futebol internacional neste final de semana.

Enquanto o atacante do Liverpool voltou de lesão e marcou duas vezes na vitória por 4 a 2 sobre o Burnley, seu compatriota - convocado para a seleção brasileira - não ficou atrás e também fez dois gols na vitória do Ajax por 4 a 0 sobre o Fortuna Sittard.

Mas nem tudo foi positivo para os jogadores brasileiros no exterior nesta semana. Na Espanha, Philippe Coutinho teve outra atuação discreta pelo Barcelona, enquanto Casemiro foi expulso pelo Real Madrid. Na Itália, Lucas Paquetá também pouco brilhou.

Confira o desempenho dos jogadores brasileiros pelo mundo:

Quem foi bem

  • PAUL ELLIS/AFP

    Roberto Firmino (Liverpool)

    Recuperado de lesão, o atacante marcou duas vezes na vitória do Liverpool em casa sobre o Burnley por 4 a 2. O primeiro saiu aos 19 min do primeiro tempo, quando os visitantes venciam por 1 a 0, após passe de Mohamed Salah. O segundo, aos 22 min do segundo tempo, veio em um erro na saída de bola do goleiro do Burnley.

  • Laurens Lindhout/Soccrates/Getty Images

    David Neres (Ajax)

    Vice-líder do Campeonato Holandês, o Ajax recebeu o Fortuna Sittard e não se complicou: venceu por 4 a 0. David Neres, convocado para a seleção brasileira, marcou duas vezes, enquanto Dusan Tadic marcou outras duas. Em 24 jogos, o time de Amsterdã tem 59 pontos - o PSV Eindhoven, que lidera, tem 64 pontos em 25 partidas.

  • Phil Noble/Reuters

    Gabriel Jesus (Manchester City)

    Na vitória do Manchester City por 3 a 1 sobre o Watford, o atacante saiu do banco apenas aos 35 min do segundo tempo. E apesar de não ter marcado, movimentou-se bem e criou boas oportunidades - poderia ter balançado as redes aos 40 min, mas o chute foi travado pela defesa.

  • Michael Regan/Getty Images

    Willian (Chelsea)

    Embora tenha começado no banco de reservas, o atacante foi a campo aos 27 min do segundo tempo e ajudou o Chelsea a articular boas chances de gol. Começou nos pés do ex-corintiano a jogada do gol de Eden Hazard que garantiu ao time do Londres o empate por 1 a 1 em casa diante do Wolverhampton.

  • REUTERS/David Klein

    Richarlison (Everton)

    Jogando fora de casa, o Everton chegou a abrir 2 a 0 no Newcastle, graças a gols de Dominic Calvert-Lewin e Richarlison. No segundo tempo, porém, os anfitriões reagiram e viraram com gols de Salomon Rondon e Ayoze Perez (dois). O ex-atacante de América-MG e Fluminense, pelo menos, fez sua parte.

Quem foi mal

  • John Sibley/Action Images via Reuters

    Fred (Manchester United)

    O Manchester United visitou o Arsenal e perdeu por 2 a 0, graças aos gols Granit Xhaka e Pierre-Emerick Aubameyang. O segundo gol saiu em um pênalti, cometido por Fred sobre Alexandre Lacazette.

  • OSCAR DEL POZO / AFP

    Casemiro (Real Madrid)

    O Real Madrid visitou o Valladolid e venceu de virada por 4 a 1. No entanto, o volante Casemiro deixou o campo mais cedo, recebendo o cartão vermelho por retardar o início de uma jogada no segundo tempo. Leia mais

  • Sergio Ruiz/DiaEsportivo

    Philippe Coutinho (Barcelona)

    Titular na vitória por 3 a 1 do Barcelona sobre o Rayo Vallecano, foi substituído no segundo tempo e deu lugar a Ivan Rakitic. Segundo o jornal Mundo Deportivo, Coutinho "segue sem dar sinais de rebeldia positiva, apesar das tentativas de (Ernesto) Valverde para recuperar a fé em seu futebol".

  • Miguel Medina/AFP

    Lucas Paquetá (Milan)

    O meia teve uma atuação discreta diante do Chievo. Em seu momento de mais destaque, aos 30 min do primeiro tempo, sofreu uma falta no campo de ataque - na cobrança, Lucas Biglia bateu e marcou. Sem brilho, foi substituído no começo do segundo tempo. O Milan venceu fora de casa por 2 a 1. Leia mais

  • @FCPorto/Twitter

    Felipe (Porto)

    O Porto visitou o Feirense e venceu de virada por 2 a 1, mas só saiu atrás porque o zagueiro Felipe marcou um gol contra logo aos 4 min do primeiro tempo. Após cruzamento rasteiro da direita, o ex-corintiano tentou se antecipar e acabou cortando contra o gol de Iker Casillas.

Listas