Topo

Blá-blá-blá: as frases que nunca devemos falar depois de uma transa

Orlando/UOL
Imagem: Orlando/UOL

Colaboração para o BOL

2019-04-25T14:00:00

25/04/2019 14h00

Críticas, elogios duvidosos, indagações sobre a performance, cobranças e frases com a proposta de iniciar uma discussão de relacionamento podem transformar qualquer momento pós-sexo em um martírio.

Veja a seguir frases que, segundo especialistas já ouvidos pelo UOL, ninguém deve dizer depois do sexo.

O que nunca dizer para eles

  • Orlando/UOL

    "Em que você está pensando?"

    Algumas mulheres costumam interpretar o silêncio masculino após o sexo como falta de atenção. Boa parte dos homens, no entanto, se cala justamente para prolongar a sensação deliciosa do orgasmo. Outros só estão dando um tempo, inclusive fisiologicamente. "Uma pergunta como essa não só corta o barato do sujeito como demonstra ansiedade", disse a terapeuta sexual Arlete Girello Gavranic ao UOL. O pior é quando a mulher não se contenta com a resposta "nada" e inicia uma verdadeira D.R. sem motivo

  • Orlando/UOL

    "Meu ex não era tão bom assim"

    Esse é um modo meio torto de elogiar alguém. Em vez de se sentir envaidecido, o homem pode ficar, no mínimo, incomodado. "É um comentário que revela uma comparação. E, se a mulher fez a comparação, é porque estava pensando no outro e não se dedicou exclusivamente ao parceiro durante a transa", explica a terapeuta sexual Arlete Girello Gavranic. O melhor é valorizar o desempenho do parceiro sem envolver um terceiro elemento

  • Orlando/UOL

    "Não se esqueça que sábado vamos jantar na casa dos meus pais"

    Frases desse tipo são um balde de água fria para homens, contou ao UOL a terapeuta sexual Carla Zeglio, diretora do Inpasex (Instituto Paulista de Sexualidade). "O momento pós-sexo combina com relaxamento, entrega. Não é uma oportunidade para alinhavar compromissos", diz a especialista. De acordo com Carla, qualquer homem que é intimado a resolver a agenda dessa forma compreende que os pensamentos da parceira estavam bem longe da cama

  • Orlando/UOL

    "Quando vamos assumir que estamos juntos?"

    Para a psicóloga e sexóloga Iracema Teixeira, nos primeiros encontros ou em relacionamentos casuais, uma frase como essa pode soar como cobrança, além de transmitir a mensagem que a mulher só está indo para a cama porque espera um compromisso em troca. Embora o cenário seja de total intimidade, é momento de relaxar, e não de começar uma D.R. "Mas se os dois já saem juntos há algum tempo, se conhecem bem e aproveitam o período pós-sexo para conversar, não há mal algum", disse Iracema ao UOL

  • Orlando/UOL

    "Tenho uma coisa importante para dizer..."

    Independentemente de a notícia ser boa ou ruim, deixe para anunciá-la outra hora. "Após o sexo, o casal tem a chance de ficar abraçado, ouvindo a respiração um do outro, curtindo", diz Arlete Girello Gavranic, terapeuta sexual do Isexp (Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática). Os homens, em especial, precisam de um tempo para relaxar, não querem pensar em nada depois de transar. É uma necessidade fisiológica. Puxar conversa sobre assuntos sérios nessa hora pode demonstrar dificuldade de se conectar emocionalmente ou até o fato de encarar o sexo como uma barganha: "Agora que já lhe dei prazer, você vai me ouvir", por exemplo

  • Orlando/UOL

    "Você poderia ter segurado um pouco mais"

    Segundo a psicoterapeuta e sexóloga Iracema Teixeira, a mulher deve sempre abrir o jogo sobre suas insatisfações sexuais. "Porém existem diferentes maneiras de fazer esse tipo de comentário. Desse jeito, incisivo e duro, ela desqualifica e humilha o parceiro", explicou ao UOL. A frase é carregada de crítica. Seria melhor sugerir um "segundo tempo", mais longo, para que ela pudesse curtir também. Se for um problema recorrente, vale conversar, mas não precisa ser imediatamente após o sexo

O que nunca dizer para elas

  • Orlando/UOL

    "E aí, curtiu?"

    Na opinião de Arlete Girello Gavranic, terapeuta sexual do Isexp (Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática), essa é a frase mais broxante para as mulheres, porque indica que o homem esteve o tempo todo pensando apenas nele mesmo. "É a pergunta típica dos vaidosos ou dos inseguros. O homem quer ser elogiado e está pedindo aprovação. Nos dois casos, a impressão que fica é a que ele sequer prestou atenção na parceira", fala Arlete

  • Orlando/UOL

    "Que tal preparar alguma coisinha para a gente comer"

    Seja qual for o estágio de relacionamento, esse tipo de sugestão soa machista e coloca a mulher como um objeto de prazer a serviço do homem. "É um descaso total com o encanto pós-transa. Parece que ele só se importa com o próprio conforto", afirmou a psicoterapeuta e sexóloga Iracema Teixeira ao UOL

  • Orlando/UOL

    "Que tal tomar uma ducha?"

    É uma frase 100% corta-clima para as mulheres, principalmente para aquelas que valorizam - e aguardam - a troca de carinhos após o sexo. Segundo a terapeuta sexual Arlete Girello Gavranic, do Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática (Isexp), essa frase costuma ser bastante usada por homens que querem evitar que esses instantes se transformem em um momento de discutir a relação ou de ter qualquer papo-cabeça. "Ao se levantarem e irem para o chuveiro, não dão margem para começar conversa alguma", diz Arlete. O convite ainda é uma forma de camuflar a dificuldade masculina de falar sobre si e suas emoções. Algumas garotas ainda podem interpretar o convite como uma espécie de grosseria, sinal de que o sujeito está com nojo e quer se livrar logo de seu cheiro e de seus fluidos

  • Orlando/UOL

    "Preciso acordar cedo amanhã"

    Na opinião da psicoterapeuta e sexóloga Iracema Teixeira, o sexo não termina com o orgasmo. "Aliás, se inicia bem antes de os dois irem para a cama", afirma. Por essa razão, mesmo que a intenção não seja a de se afastar ou de se livrar da parceira, um aviso desse tipo sempre será grosseiro aos ouvidos femininos. E dá a ideia de que o homem encara o sexo como algo automático. Para relações casuais, a mensagem também pode ser interpretada como: "Estou a fim de dormir sozinho, portanto, vá embora."

  • Orlando/UOL

    "Você viu o controle remoto?"

    Algumas mulheres ficam extremamente irritadas quando o parceiro mal terminou de gozar e quer ligar a TV. Dá a impressão de que o homem cronometrou a transa para ter tempo de ver o jogo de futebol. Outras reclamam por serem solicitadas a procurar algo (o controle ou qualquer outra coisa). "Às vezes, o homem quer apenas ficar trocando de canal, pois serve como um prolongamento do relaxamento", comentou a terapeuta Carla Zeglio ao UOL. Para ela, nem sempre o problema é apenas o controle remoto, mas a necessidade feminina de ficar juntinho depois do sexo. Por isso, se for assistir à TV, procure o controle sozinho e seja gentil: "Os homens que abraçam e dão carinho à parceira enquanto veem TV são mais bem compreendidos", conta

  • Orlando/UOL

    "Vou chamar um táxi para você"

    Mesmo que a intenção seja gentil, soa como uma dispensa. "Por mais que o sexo tenha sido maravilhoso e os dois se deem bem também fora da cama, a mulher enxerga como rejeição. Parece que o sujeito não quer ficar mais nem um minuto ao lado dela. E trata-se de uma cortesia carregada de machismo: por que a mulher não pode pedir o próprio táxi?", questionou Carla Zeglio, terapeuta sexual e diretora do Inpasex (Instituto Paulista de Sexualidade), ao UOL

Mais Listas