Topo

Ator competente, viúvo, baiano de coração: Vladimir Brichta em nove fatos

Colaboração para o BOL

2019-03-22T08:00:00

22/03/2019 08h00

Ele ficou viúvo aos 23 anos, precisou lutar com a sogra na Justiça pela guarda da filha, se casou novamente com uma atriz de destaque e hoje faz sucesso em papéis diversificados - o que inclui até um palhaço célebre! Nesta sexta-feira (22/3/2019), o ator Vladimir Brichta completa 43 anos de vida. Confira detalhes sobre a trajetória do artista.

  • Eduardo Lazzarini/Folhapress

    Alô, Bahia!

    Vladimir Brichta nasceu em Diamantina (MG), mas, aos quatro anos, foi para a Bahia, onde cresceu rodeado de amigos e descobriu o amor pela atuação. Em entrevista a Pedro Bial confessou que aos seis anos já havia se decidido pela profissão que seguiria pelo resto da vida. E foi na Bahia que começou a se dedicar ao teatro com o foco em conquistar o sucesso e alavancar a carreira no eixo Rio-São Paulo

  • Estevam Avellar/Globo

    Viúvo

    Durante três anos, Vladimir viveu um feliz casamento com a cantora Gena Karla, que morreu em 1999 por conta de uma doença rara que ataca os glóbulos vermelhos e afeta o metabolismo. "Nós tínhamos muitos planos e por isso fiquei louco quando ela morreu. Chorei durante mais de um mês sem parar até que um dia disse a mim mesmo: 'Se não vou me matar, então tenho que viver'", pontuou ele, que ficou viúvo aos 23 anos, em entrevista à IstoÉ Gente

  • Greg Salibian/Folhapress

    Luta pela carreira

    Em 1997, Vladmir e Gena tiveram uma filha, Agnes, que o ator deixou aos cuidados da mãe dele, no litoral da Bahia, rumo ao Rio com o objetivo de encontrar um emprego - o que funcionou, uma vez que ele acabou sendo escolhido para fazer parte da novela de "Porto dos Milagres", que estreou em 2001. Um ano antes, ele já havia se destacado no teatro com a peça "A Máquina", na qual também fizeram sucesso seus amigos Lázaro Ramos e Wagner Moura. Porém, se na vida profissional a situação começou a melhorar, sobre a vida pessoal não é possível dizer o mesmo...

  • Reprodução/Instagram @fcvladbrichta

    Briga pela filha

    Quando Agnes foi passar férias com a avó materna, aos quatro anos, uma surpresa: ela já tinha uma liminar que garantia a guarda provisória da neta, alegando que, pelo fato de o genro não ter emprego fixo, não tinha possibilidades de cuidar da menina. A partir daí, uma luta se arrastou na Justiça para que Vladimir recuperasse a guarda e, nesse meio tempo, tivesse o direito de ver a filha, o que também foi dificultado até que ele finalmente vencesse o processo: "Não desisti nunca, tentei preservar a calma e o bom senso. O tempo conseguiu botar as coisas em seus devidos lugares, mas eu batalhei muito. Passado esse tempo todo, hoje Agnes é uma moça e tem uma relação maravilhosa com todos, inclusive com a avó materna. Claro que não somos amigos, mas Agnes é o mais importante", revelou o ator ao participar do quadro Arquivo Confidencial no Domingão do Faustão

  • César Alves/TV Globo

    Global

    Se a luta pela guarda da filha ocupava a vida privada, a vida pública ia bem, com o ator conquistando um papel atrás do outro. Depois de viver o garçom Ezequiel, em "Porto dos Milagres", ele emendou uma série de trabalhos na Globo, como "Coração de Estudante" (2002), "Kubanacan" (2003), "Belíssima" (2005), "Sob Nova Direção" (2007) e "Tapas e Beijos" (2011)

  • Divulgação/Gshow

    Adriana Esteves

    Em 2003, durante a novela "Kubanacan", Vladimir conheceu a atual esposa, Adriana Esteves. Três anos depois, subiram ao altar e no convite, os autores da mensagem que chamava as pessoas para a cerimônia eram Agnes e Felipe, filho da atriz com Marco Ricca. A união segue forte e Adriana contou o segredo para isso em entrevista à Marie Claire em agosto de 2018: "Há 14 anos, uma vez por semana, a gente se obriga a sair só nós dois. Eu gosto de namoro e o Vlad entendeu rapidamente que eu ia querer isso para o resto da vida. Se arrumar, sair, passear. Mesmo cansados, falamos 'hoje é o dia'". Juntos, os dois são pais de Vicente

  • Reprodução/Instagram @fcvladbrichta

    Parceria em cena

    Em 2018, Vladimir atuou ao lado da esposa na novela "Segundo Sol", o que agradou Adriana. Em entrevista ao Glamurama, ela resumiu a sensação de contracenar com o maridão: "Aí é o auge do prazer, em todos os sentidos"

  • Reprodução/Instagram @fcvladbrichta

    Bozo

    Não é só na TV que Vladimir Brichta faz sucesso. Entre os seus trabalhos no cinema, destaca-se o filme "Bingo - O Rei das Manhãs" (2017), inspirado na trajetória de Arlindo Barreto, que deu vida ao palhaço Bozo na fase de maior sucesso do programa do SBT nos anos 1980. O primeiro a ser cotado para o papel foi Wagner Moura que, impossibilitado de fazer o trabalho, fez questão de indicar o amigo. "Tenho empatia brutal pelo ator que fica atrás de uma máscara, tenho empatia por essa história. Deixei de fazer outras coisas porque sabia que esse filme era incrível. Fiquei em São Paulo durante três meses, fui pouquíssimo visitar a família", contou em conversa com Pedro Bial

  • Reprodução/Instagram @loveagnesbri

    Filha de peixe...

    Filha de um ator com uma cantora e enteada de uma atriz, Agnes cresceu rodeada pelo amor pelas artes. Assim, além do curso de Psicologia, ela decidiu também se aprimorar para seguir a carreira do pai. Aos 22 anos, ela, de acordo com o Extra, estuda teatro e interpretação na CAL (Casa de Artes Laranjeiras) e já até fez algumas peças de teatro. Mostrando que também é conectada ao universo musical, ela também canta, toca violão e ukulele

Errata: o texto foi atualizado
22/03/2019 às 11h25
Diferentemente do informado inicialmente no item 1, Vladimir Brichta nasceu em Diamantina, em Minas Gerais, e não em Adamantina, que fica no estado de SP. A informação foi corrigida.

Mais Listas