Topo

11 álbuns de figurinhas que marcaram os anos 80

Colaboração para o BOL

2019-02-14T14:00:00

14/02/2019 14h00

A década de 1980 foi pródiga em álbuns de figurinhas. Signos, filmes, futebol, frases de amor, tudo virava item colecionável para as crianças que cresceram na década pop. Esses são os 11 álbuns que mais fizeram sucesso nos anos 80. E olha que a maioria das figurinhas ainda nem era autocolante - o colecionador precisava se lambuzar de cola para encher o álbum.

  • Reprodução/Mercado Livre

    Adoro você

    Figurinhas fofinhas, em geral colecionadas por meninas. Cada pacotinho vinha com três itens: uma figurinha para o álbum e dois adesivos menores para colar no caderno, na agenda, nas janelas, na mesa de jantar etc.

  • Reprodução/Mercado Livre

    Álbuns de Futebol

    O famoso álbum dos clubes que participavam do campeonato brasileiro de futebol, à época Copa União, voltou a ser sucesso em 1987, quando sua produção tornou-se regular. Em cada pacotinho comprado em bancas de jornal estava a chance de encontrar jogadores, mascotes e escudos dos times, além das famosas figurinhas carimbadas e prateadas. Menos para o Botafogo, que era o único time que não tinha adesivo cromado nem carimbo

  • Reprodução/Mercado Livre

    Alto astral

    Esse era um álbum de astrologia para crianças, uma espécie de formação em horóscopo por cromos. Além da diversão de colecionar as figurinhas, o álbum também trazia dicas e curiosidades sobre cada signo do Zodíaco

  • Reprodução/Mercado Livre

    Amar é...

    Esse álbum fez sucesso. Suas mais de 200 figurinhas sempre traziam uma definição de amor e o famoso casal de bonequinhos pelados vivenciando tais definições. Foi tantas vezes reeditado que a editora chegou a promover um concurso pedindo novas definições sobre o que é amar

  • Reprodução/Mercado Livre

    Bem me quer

    Um álbum fofinho, com desenhos de crianças fofinhas dizendo coisas fofinhas. Com desenhos da australiana Sarah Key e lançado em 1982, o álbum "Bem me quer" foi um sucesso entre as meninas

  • Reprodução/Mercado Livre

    Califórnia Dreamers

    Um pouco de cultura pop com pitadas de surrealismo e inspiração um tanto lisérgica. Eram assim as figuras nonsense deste álbum lançado em 1985, "Califórnia Dreamers". O tema do álbum? Objetos e ilustrações aleatórias, como um sapo em cima de uma boca gigante ou um presidiário segurando um bolo de aniversário entre as grades

  • Reprodução/Mercado Livre

    Copa da Espanha de 82

    As figurinhas do álbum da Copa do Mundo de 82, na Espanha, vinham em chicletes. Para completar o álbum o colecionador precisava de 300 figurinhas, número que provavelmente comprometeu os dentes de muita criança por aí

  • Reprodução/Mercado Livre

    Flash Gordon

    Mais doce por figurinha. No caso de "Flash Gordon", álbum do filme do herói que tem suas origens nas revistas em quadrinhos, não era chiclete a moeda de troca, mas picolés. Cada pacotinho do álbum lançado pela Kibon em 1981 era trocado por três palitos de sorvete

  • Reprodução/Mercado Livre

    Fofura

    Bichinhos brilhantes, palavras prateadas e douradas, um cachorro e um gato com uma rosa na boca, era assim o álbum "Fofura" que soube bem apelar às características do nome. Hoje a internet o definiria como um álbum de unicórnios vomitando arco-íris. Foi uma febre entre as meninas no começo dos anos 80

  • Reprodução/Mercado Livre

    Homens em ação

    Um álbum que atendia aos padrões mais clichês da masculinidade ocidental: aviões de guerra, carros de corrida, navios, batalhas sangrentas da história, façanhas da humanidade etc. Feito para crianças, em teoria. Para quem tivesse sorte, os pacotes premiados vinham com miniaturas montáveis

  • Reprodução/Mercado Livre

    Moranguinho

    Nem só de adesivos bonitinhos, estilosos e prateados é feito um álbum de figurinhas. O álbum "Moranguinho" foi prova disso. Além dos apelos gráficos, as figurinhas vinham com... cheiro artificial de moranguinhos, uvinhas, laranjinhas, pesseguinhos etc.

Mais Listas