Topo

Dia do Orgasmo: 19 curiosidades sobre o ápice do prazer

Thinkstock
Imagem: Thinkstock

Do BOL, em São Paulo

31/07/2018 06h52

Qual posição mais facilita a chegada ao clímax? Quanto tempo dura o orgasmo? Toda pessoa pode ter orgasmos múltiplos? No Dia do Orgasmo, comemorado em 31 de julho, conheça curiosidades sobre o ápice do prazer.

Leia também:

  • Leh Latte/UOL

    A melhor posição para a mulher

    Uma das posições que mais facilitam o orgasmo feminino é a mulher deitada sobre a cama e o homem por cima dela. Apesar de comum, a posição é extremamente confortável para a mulher, que consegue relaxar e atingir o orgasmo com mais facilidade. Ao penetrar, o pênis alcança a parede anterior da vagina, área que costuma provocar muita excitação nas mulheres. Nessa posição, o corpo masculino também esbarra no clitóris, o que torna tudo mais estimulante

  • Leh Latte/UOL

    A melhor posição para o homem

    Para o homem, a posição que ajuda a chegar ao orgasmo é quando ele e a mulher se sentam um de frente para o outro. As pernas dela passam por cima das pernas dele e se entrelaçam nas costas do parceiro. O homem segura o corpo da mulher, dando suporte para que ela faça movimentos de vai e vem. Ela também pode apoiar as mãos nas pernas dele para sentir-se mais segura. Essa posição permite que o casal fique frente a frente e troque beijos e abraços. Para o homem é bom porque ele consegue guiar os movimentos da parceira

  • Arte/UOL

    Quanto tempo dura?

    O orgasmo é intenso, mas dura pouco. Segundo a psiquiatra Carmita Abdo, coordenadora do Prosex (Programa de Estudos em Sexualidade), ligado à USP (Universidade de São Paulo), o orgasmo tem duração entre cinco e 15 segundos, tanto para o homem como para a mulher

  • Orlando/UOL

    Durma sem culpa

    Depois de chegar ao ápice com seu par, você sente aquela vontade de virar para o lado e dormir? Não se sinta culpado(a)! O sono acontece em função da satisfação e relaxamento decorrentes da descarga motora que vem logo após o clímax e significa que o sexo foi bom

  • Getty Images

    Fique "relax"

    Você sabia que o estresse é um dos fatores que impedem a mulher de chegar ao orgasmo? O sexo é algo que exige energia e entrega total para que a satisfação aconteça. E, se a mulher está estressada, consequentemente, fica impaciente, cansada e pouco disponível para momentos de intimidade. Segundo a terapeuta sexual Paula Napolitano, o estresse libera cortisol no corpo, substância que interfere em neurotransmissores responsáveis pelas sensações de prazer, como a dopamina e a endorfina. "O desejo fica totalmente inibido, o que atrapalha na lubrificação vaginal e dificulta o orgasmo", declarou ao UOL

  • ThinkStock

    O álcool pode ser um inimigo

    Cuidado com excesso de bebida. O álcool interfere no sistema nervoso central, diminuindo a ação dos hormônios responsáveis pelo prazer, o que dificulta a lubrificação e o orgasmo

  • Arte/Uol

    Antes do café

    Faça sexo pela manhã e tenha um orgasmo poderoso. Pesquisadores da University College London, na Inglaterra, chegaram à conclusão de que os hormônios sexuais ficam nas alturas pela manhã

  • Thinkstock

    Anote a dica!

    Na hora do sexo oral, afastar a calcinha da mulher, em vez de tirá-la, torna o ato mais prazeroso. Se o tecido roçar no clitóris, esse contato faz com que a mulher consiga atingir o orgasmo com mais facilidade

  • Lumi Mae/UOL

    Mantenha a calma

    Não fique nervoso (a). Você sabia que a pressão para ter orgasmo às vezes prejudica a performance e ele simplesmente não acontece? Então relaxe e aproveite o momento, sem pensar no resultado final

  • Leh Latte/UOL

    Explore o "Ponto Y"

    Outra posição poderosa pode fazer com que a mulher chegue a um orgasmo intenso é ficar de quatro ou sentada por cima do parceiro. Dessa forma, ela sente estímulos no chamado "Ponto Y", que fica na parte de trás da vagina. A penetração profunda é capaz de atingi-lo e provocar o orgasmo

  • Getty Images

    Valorize o momento a dois

    É casado(a) e quer ter noites e noites de profundo prazer? Tire a televisão do quarto! Um estudo feito pela sexóloga italiana Serenella Salomoni mostrou que casais sem televisão no quarto transam duas vezes mais do que aqueles com o aparelho

  • Lumi Mae/UOL

    Que energia!

    Segundo o "Guia dos Curiosos", as paredes da vagina soltam uma descarga de 244 milivolts durante o orgasmo. Portanto, cinco mulheres tendo orgasmos produzem energia suficiente para acender uma lâmpada de 1 volt

  • Leo Gibran/UOL

    Para agradar a parceira

    Sexólogos do Instituto Masters & Johnson, nos Estados Unidos, apontam que o sexo oral é o caminho mais certeiro para o orgasmo. Os especialistas dizem que 80% das mulheres não resistem a essa tentação

  • Getty Images

    Afrodisíaco

    Vinho tinto ajuda as mulheres a ficarem mais excitadas? Segundo um estudo da Universidade de Florença, na Itália, sim. Uma ou duas taças já dão conta do recado!

  • Getty Images

    Desvendando os "mitos"

    Toda pessoa pode ter orgasmos múltiplos? Não! "O que todas as mulheres possuem é a capacidade de, após um orgasmo, manterem a excitação e conseguirem outro, sem ter de parar. Já os homens, após um orgasmo, entram no que se chama de período refratário. Eles precisam de um tempo para ter uma nova ereção", diz a sexóloga Juliana Bonetti Simão, especializada em psicoterapia com enfoque na sexualidade pelo Inpasex (Instituto Paulista de Sexualidade) ao UOL

  • iStock

    Clima ainda mais quente

    Pés aquecidos podem ajudar você a chegar lá. É isso mesmo! A meia, que para muitos pode ser brochante, pode ser uma aliada. É o que mostra um estudo da Universidade de Groningen, na Holanda: manter os pés aquecidos aumenta em 30% as chances de ter um orgasmo

  • Thinkstock

    Mentirosos?

    Um estudo realizado da Universidade do Quebec em Montreal, no Canadá, mostrou que os homens também fingem orgasmos e que fazem isso muito mais que as mulheres. A pesquisa ouviu 230 voluntários, todos homens com idades entre 18 e 29 anos, que falaram abertamente sobre a vida sexual. O estudo aponta ainda que os homens fingem mais durante o sexo vaginal, mas também mentem sobre o prazer no sexo anal, oral e durante a estimulação do órgão sexual

  • Leticia Vilela/UOL

    Prazer no clitóris

    Você sabia que Orgasmo vaginal e clitoriano são iguais? Na verdade, o orgasmo é um só, o que muda é a estimulação. A maioria das mulheres sente mais prazer através do clitóris, mas há as que conseguem chegar lá apenas com a penetração. Segundo os especialistas, a sensação de bem-estar, ao final do sexo, será a mesma

  • Thinkstock

    Xi... dor de cabeça?

    Calma, é raro, mas pode acontecer. Segundo Maria Cristina Romualdo, terapeuta e educadora sexual do Instituto Kaplan, centro de estudos sobre a sexualidade humana, a explicação está na resposta vascular ao orgasmo. "O corpo todo reage à excitação sexual. Por isso, há um maior fluxo sanguíneo em todo o corpo e, para algumas pessoas, essa mudança vascular pode desencadear dores de cabeça, uma vez que o coração acelera, a pressão aumenta e o corpo fica mais tenso."

Mais Listas