PUBLICIDADE
Topo

17 curiosidades sobre a grande Muralha da China

Muralha da China - Wikipedia
Muralha da China Imagem: Wikipedia

do BOL

09/05/2017 16h00

A Muralha da China é uma das sete maravilhas do mundo moderno. A história de sua construção tem muitos mistérios que o escritor inglês William Lindesay, que percorreu a Muralha da China pela primeira vez em 1987, vem tentando desvendar desde então. Durante anos, ele vem estudando sobre o monumento, recolhendo objetos e publicando livros sobre o assunto, como mostrou em documentário do canal National Geographic. Veja nesta lista algumas curiosidades sobre esse monumento.

  • Reprodução/Holidays Destinations

    Em mandarim

    A Muralha da China, "Changcheng" em mandarim, já foi chamada de "O muro das 10 mil milhas", ou "Wanli Changcheng", mas essa nomeação não foi utilizada por um longo tempo

  • Wikipedia

    "Dragão de Pedra"

    Conhecida como "O Dragão de Pedra", a grande muralha da China começou a ser construída em 215 a.C. a fim de proteger a região contra ataques de inimigos. Segundo Lindesay, "a ideia da muralha pode ter nascido da obsessão de Qin Shihuang pela segurança e da sua paixão por grandes projetos"

  • Reprodução/Beijing 2012

    Maior do que se imaginava

    A obra levou cerca de 20 séculos para ser finalizada, tendo seu último trecho construído em 1368 e 1644, durante a dinastia Ming, o que gerou a mudança do tamanho calculado, que inicialmente era de cerca de cinco mil quilômetros e passou para mais de oito mil quilômetros, comprovados em estudo recente

  • Wikipedia

    Tamanho gigante

    A muralha se estende pelo território subcontinental do Norte da China. É a mais longa estrutura construída pelo homem, chegando a 8.850 quilômetros. A princípio se acreditava que ela tinha cerca de 5 mil quilômetros, mas estudo realizado pela Agência de Patrimônio Cultural e pelos Serviços de Cartografia chineses mostraram que a extensão é bem maior

  • Reprodução/Along The Way

    Medidas

    Em média, a muralha tem cerca de 8 metros de altura e 6 metros de largura. A largura do corredor era o suficiente para que os soldados pudessem se movimentar em caso de ataques. Historiadores calculam que são cerca de 40 mil torres em toda a sua extensão. Era das torres que os soldados podiam observar a movimentação dos inimigos

  • Wikipedia

    Partes destruídas

    A muralha da China foi feita em segmentos, não é um muro único e contínuo. A erosão destruiu boa parte da muralha e, em alguns pontos, ela chegou a ser soterrada por tempestades de areia

  • Reprodução/lovelybeijing

    Material de construção

    Em algumas partes da construção, as pedras na cor marrom foram substituídas por gesso calcário. A medida faz parte da política das províncias de modernizar a obra. Nos trechos mais antigos, da dinastia Qin (221-207 a.C) foi usada uma massa feita com arroz glutinoso

  • Wikipedia

    Torres do castelo

    As torres da muralha foram construídas para servirem como depósito de alimentos e abrigo para os trabalhadores. A distância entre elas variava. Uma torre tinha que visualizar os sinais emitidos pela torre vizinha. Essa comunicação era feita com sinais de fumaça preta, produzida por esterco misturado com palha. Na falta de esterco, eram utilizadas bandeiras brancas e pretas

  • Reprodução/Wikiwand

    Mãos à obra

    No início da construção, os trabalhadores que eram enviados para a obra eram considerados "desordeiros". Mais tarde, os postos de trabalho foram ocupados por soldados desocupados, depois que a formação do império pôs fim à guerra entre as províncias. Acredita-se que mais de dois milhões de trabalhadores foram necessários para concluir a obra

  • Reprodução/China Mike

    Cemitério

    Além de "Dragão de Pedra", a muralha ficou conhecida entre os chineses como o maior cemitério do mundo, devido ao número elevado de pessoas que morreram durante a sua construção, mais de um milhão de mortos. Alguns registros indicam que as causas das mortes foram o frio e a má alimentação

  • Reprodução/Tour Destination

    Mais famosa do mundo

    É a construção mais famosa do mundo, porém a menos conhecida porque, segundo o escritor William Lindesay, que vive na China há mais de 20 anos estudando a muralha, "sempre há algo novo para ser descoberto"

  • Reprodução/South China Morning Post

    Patrimônio Mundial da Unesco

    Patrimônio Mundial da Unesco desde 1987, é um dos destinos turísticos mais visitados do continente asiático. Todos os anos, mais de 10 milhões de pessoas visitam algumas das áreas bem conservados do monumento, principalmente as seções que estão próximas a Pequim, capital do país

  • Wikipedia

    Uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno

    Em julho de 2007, foi eleita uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno

  • Reprodução/Wikiwand

    Portas

    As principais portas da Muralha da China são as de Shanhai, Juyong e Niángzi

  • Reprodução/Alchetron

    Dá para ver da lua #sqn

    A revista norte-americana "The Century" publicou, em 1893, matéria dizendo que daria para enxergar a Muralha da China a partir da lua, a olho nu. Mas a informação foi desmentida por Yang Liwei, o primeiro chinês a viajar para o espaço

  • Reprodução/The Great Wall Marathon

    Corrida maluca

    Uma das provas de corrida mais difíceis do mundo é a "Maratona da Muralha da China" (Great Wall Marathon), onde os corredores devem percorrer distâncias que variam entre 8,5 e 42 quilômetros, num percurso cheio de sobe-e-desce. Corredores levam mais de três horas para percorrer todo o trajeto

  • Reprodução/NDTV Profit

    Carro popular

    Na China há uma marca de carros bastante popular com o nome de Great Wall (Grande Muralha)

Listas