PUBLICIDADE
Topo

Listas

100% aflição: 20 lesões e acidentes no esporte

Colaboração para o BOL

25/08/2018 14h00

Para quem tem estômago fraco, nem sempre assistir aos canais de esporte é uma boa ideia. Confira alguns episódios inacreditáveis que já aconteceram com atletas durante disputas.


Leia também:

  • Reprodução/DigiSport

    Ronaldo Fenômeno

    O dia 12 de abril de 2000 ficou marcado não apenas na história do jogador, mas na memória de muita gente que se espantou com a gravidade da lesão sofrida pelo craque. Ele havia ficado cinco meses parado por conta de uma lesão no joelho e estava retornando aos gramados quando "prendeu" o pé no chão e viu o joelho direito se romper diante do olhar de todos que acompanhavam sua atuação

  • Reprodução

    Allan Ray

    Em 2006, o jogador disputava a liga norte-americana de basquete universitário pela Universidade de Villanova quando teve o olho direito arrancado da órbita depois de levar uma dedada de um adversário, que empurrou o órgão para fora, deixando-o pendurado por vasos sanguíneos e nervos

  • Reprodução

    Luciano Almeida

    Em 2007, em jogo contra o Sport, o lateral esquerdo do Botafogo deu um carrinho no meio de campo para tentar roubar uma bola e torceu o tornozelo, ficando cinco meses fora dos gramados

  • Reprodução

    Salim Sdiri

    Também em 2007, o finlandês Tero Pitkamari arremessou um dardo de 2,6 metros de comprimento e quase um quilo de peso durante o circuito mundial de atletismo em Roma. Tudo normal. Até que o objeto voou de forma desgovernada e atingiu o rim direito e o fígado do saltador francês Salim Sdiri, que estava se aquecendo a 80 metros de distância. Ele ficou afastado das competições por mais de um ano

  • Reprodução

    Eduardo da Silva

    O zagueiro Martin Taylor deu uma entrada criminosa no brasileiro naturalizado croata em 2008. Além de força excessiva, o jogador do Birmingham ergueu um pouco o pé, acertando em cheio a canela do atacante do Arsenal, causando duas fraturas expostas, uma na canela e outra no tornozelo. Eduardo levou um ano para se recuperar

  • Reprodução/santossempresantos.com.br

    Maikon Leite

    O jogador sofreu uma lesão defendendo o Santos em 2008. Em uma disputa de bola com Bruno, então goleiro do Flamengo, Maikon torceu o joelho, rompendo completamente todos os ligamentos da região. Ele levou oito meses para se recuperar, afastado dos gramados

  • Reprodução/Alberto Simon/AFP

    Julio Aparicio

    Em 2010, foi a vez de o toureiro espanhol chocar o público ao ser perfurado por um touro na altura do pescoço e ter o chifre do animal saindo pela boca. Dez semanas depois do ocorrido, Aparicio estava de volta às touradas

  • AP

    Azizulhasni Awang

    Durante a Copa do Mundo de Ciclismo de 2011, o atleta malaio caiu de sua bicicleta com um pedaço de madeira, usada no trajeto, encravada em sua panturrilha. Mesmo com dor, ele voltou para o circuito e ainda terminou a prova em terceiro lugar, conquistado a medalha de bronze

  • Reprodução/AP Photo/David Becker

    Anderson Silva

    O lutador sofreu uma lesão na perna ao enfrentar Chris Weidman em uma revanche pelo UFC 168 em 2013

  • Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC/Getty Images

    Jon Jones

    Ainda em 2013, Jon Jones teve uma fratura no dedo do pé esquerdo, com a falange sendo deslocada, ao enfrentar Chael Sonnen pelo cinturão dos meio-pesados no UFC 159. O lutador não se deu conta da própria lesão, seguiu na luta e nocauteou Sonnen, só percebendo o que aconteceu depois de o resultado ter sido anunciado

  • Reprodução

    Bruno Moura

    Em 2016, jogando pelo Linense, o jogador teve a perna quebrada depois de ser atingido por um carrinho do volante Bruninho, do Mogi Mirim. Com a perna presa entre a chuteira do rival e o campo, Bruno Moura ficou com a perna completamente torta

  • Reprodução/Instagram

    Haydn Peacock

    O jogador australiano de rúgbi sofreu um desmembramento parcial do pênis depois de levar um puxão de um rival durante uma partida em 2016. Por meio de sua conta no Instagram, ele compartilhou a imagem do momento e brincou com a situação: "Não é a melhor razão para se estar na primeira página do jornal nesta manhã. 11 pontos para o pequeno amigo, mas ele ficará bem", escreveu

  • Reprodução/AFP Photo/Cristina Quicler

    Andrés Roca Rey

    Em 2016, o jovem toureiro peruano, de então 19 anos, foi atingido na parte inferior das nádegas por um touro, e ficou preso ao animal, na Espanha. Após o incidente, Andrés foi levado a um hospital mais próximo para se recuperar

  • Reprodução

    Demba Ba

    Durante o Campeonato Chinês, em 2016, o atacante senegalês Demba Ba (de azul) trombou com Sun Xiang e acabou com a perna esquerda quebrada. "Esta é uma lesão muito ruim, mas eu sei que posso superar. Não vou encerrar a minha carreira, isso é certo", declarou o jogador na ocasião. O defensor chinês visitou Demba Ba no hospital para prestar apoio

  • Getty Images

    Samir Ait Said

    Em agosto de 2016, o ginasta francês sofreu uma queda feia no aparelho salto sobre o cavalo, acabou com a perna esquerda torta e precisou sair imobilizado da Arena Olímpica

  • YVES HERMAN/REUTERS

    Andranik Karapetyan

    Durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, o atleta Andranik Karapetyan, da Armênia, disputava o levantamento de peso na categoria para atletas de até 77 kg. Ao tentar levantar 195 kg, sofreu uma grave hiperextensão do cotovelo

  • Reprodução/nSport

    Dario Scuderi

    Em setembro de 2016, o jogador italiano, de então 18 anos, defendia o Borussia, da Alemanha, quando sofreu uma fratura no joelho ao disputar uma bola com o adversário

  • Reprodução

    Luis Martinez

    O ano de 2017 não começou nada bem para o jogador, que logo no início de janeiro sofreu uma grave lesão no joelho durante o Campeonato Mexicano. O meia do Tigres virou o joelho direito e teve ruptura total de dois ligamentos ao tentar evitar um cruzamento do time adversário, o Santos Laguna

  • Montagem BOL/Reprodução/Twitter/Reprodução/Torosyfaenas.com.mx

    Antonio Romero

    Em março de 2017, o toureiro foi chifrado entre as nádegas durante apresentação na Cidade do México. Ele foi transferido às pressas para um hospital da capital e submetido a uma cirurgia de reconstrução do reto, depois que o chifre do animal penetrou 20 centímetros em seu ânus. O site mexicano especializado em touradas Toros y Faenas revelou, oito dias depois do ocorrido, que Romero já havia se recebido alta e, apesar do acidente trágico, tinha apenas um desejo: voltar às touradas

  • Reprodução

    Justine Kish

    Em junho de 2017, a atleta Justine Kish enfrentava Felice Herrig pelo UFC Oklahoma, quando, nos instantes finais da disputa, já no terceiro round, fez tanta força para escapar de um estrangulamento, que acabou tendo um problema intestinal e defecando no octógono

Listas