Topo

10 vezes em que Zeca Pagodinho foi gente como a gente

Reprodução/UOL
Imagem: Reprodução/UOL

do BOL

09/02/2018 16h00

Está para nascer um cantor mais "humildão" e gente boa que Zeca Pagodinho. Ele é divertido, adora uma cervejinha, dá presente para as crianças, ajuda os vizinhos, ama os animais, reclama dos políticos e tem muitas outras atitudes que mostram que é gente como a gente.

  • Reprodução/Twitter @darth_paulinho

    Não resiste a um bichinho fofo

    Em entrevista à revista TPM, em 2009, Zeca Pagodinho foi "sincerão" ao falar sobre seu amor pelo animais. Ele, que já ganhou bode em programa de TV e égua de presidente de escola de samba, contou que não pode tomar umas no shopping que corre para o pet shop para comprar um cãozinho. "Fico com pena. Depois dou os cachorros para os outros. Não posso andar com dinheiro", disse ele, que já chegou a pagar R$ 3 mil em um cachorro

  • Ajuda os vizinhos e reclama dos políticos

    Um combo 2 em 1 que prova que Zeca é gente como a gente! Além de praticar a política da boa vizinhança, como quando ajudou os moradores das ruas de Xerém, no município de Duque de Caxias, vítimas das chuvas em região próxima a que ele vive há mais de 20 anos, ele também aproveitou a oportunidade para criticar a ação dos políticos. Ajudar sem olhar a quem, no entanto, é prática constante na vida do cantor. Em 2011, ele contou ao Extra que adotou "Baixinho", morador de rua que considera como um filho e para quem construiu um "quartinho com banheiro" e depois passou a se hospedar em uma casa para idosos paga pelo pagodeiro. "Meus filhos o visitam sempre. É a Mônica (mulher de Zeca) quem cuida de tudo. Ele é meu filho mais velho. Toda semana, alguém visita, leva biscoito, cigarro", comentou em entrevista para a publicação. Ele também é conhecido por distribuir refeições para moradores de rua de Xerém e da Barra

  • Coloca suas crenças em prática

    Não tem erro! Todos os anos, Zeca Pagodinho mantém a tradição de distribuir sacos de doces no dia de São Cosme e Damião para as crianças. O cantor leva o costume muito a sério e envolve toda a família e os amigos na preparação e na distribuição dos saquinhos. Ele sai no banco do carona com as prendas e ao avistar uma criança, entrega os doces. Ao voltar para casa, Zeca ainda dá uma festa com muita comida baiana e muito samba para celebrar a data. Ele também distribui ovos de Páscoa e presentes de Natal para as crianças de Xerém, no Rio

  • Reprodução/Eventos do Ceará Blogspot

    Não curte provador de loja

    Muitas vezes há fila para entrar, o espelho raramente te favorece, enfim, nem sempre o provador é um lugar dos mais queridos para ir. Zeca entende tanto desse fato que, em 2010, simplesmente tirou a camisa que estava vestindo do meio de uma loja do aeroporto, no Rio, e experimentou outra, bem ali no meio das araras para quem quisesse ver como a roupa ficou no corpo

  • Murilo Tinoco/Divulgação

    Tira onda com ele mesmo

    Zeca não tem problemas em rir de si mesmo. Aliás, ele já protagonizou algumas fotos fazendo graça com a própria barriga, uma delas, inclusive, ao lado da amiga Giovanna Antonelli. A atriz, que estava prestes a dar à luz suas filhas gêmeas, posou ao lado do cantor comparando as barrigas de ambos. O clique, claro, fez sucesso

  • Reprodução/YouTube/CAMFWAYNE WORLD

    Anda por aí bem à vontade

    Um momento em que muitos internautas se sentiram representados aconteceu no dia em que Zeca Pagodinho foi flagrado bem à vontade, sem camisa, com bermuda e chinelo escolhendo a carne para o churrasco no açougue do mercado. Empoderado, não foi a primeira vez que o cantor colocou a barriguinha de cerveja para jogo, mostrando-se bem confortável com suas curvas

  • Divulgação

    Tieta pessoas em restaurantes

    Ao ir a uma churrascaria, em 2010, o cantor de 1,70m de altura, ficou impressionado com o tamanho do ocupante da mesa ao lado. O que ele fez? Pediu para tirar uma foto com o grandão de 2,12m, é claro! O gigante em questão era Baby, jogador de basquete do Flamengo. Mas engana-se quem pensa que essa foi uma atitude isolada. O pagodeiro já tietou outras celebridades também, como a cantora Ludmilla em 2016

  • Reprodução/Facebook

    É um baita turista

    Está achando que só nós, meros mortais, lotamos o Facebook de fotos de viagem, quando temos a oportunidade de dar uma voltinha por aí? Zeca Pagodinho aproveitou muito sua ida para Nova York em 2016 e não deixou de compartilhar muitas fotos de seus momentos por lá. O álbum, claro, virou febre na internet com fotos de Zeca falando ao celular, rodeado de amigos, posando com um Minion e personagens do filme "Frozen" e muito mais. Atenção para os dizeres da camiseta mostrando que Zeca não abandona seus princípios nem seu copo só porque resolveu sair do país

  • Reprodução/Depósito na Web

    Bebe e se empolga

    Quem nunca, não é verdade? Em 2009, Zeca Pagodinho se apresentou durante um ensaio da escola de samba Grande Rio, cantou muito, bebeu como sempre e não resistiu aos atributos de Monique Evans, que estava sambando por lá

  • Roberto Setton/UOL

    E como bebe!

    Ele já revelou em entrevista à Folha de S.Paulo que dá preferência para empregar quem também gosta de beber. "Para alegrar. Para fazer companhia. A gente se entende melhor [com quem bebe], tem mais afinidade. Gosto de chamar os empregados para beber também. Gosto que os empregados bebam comigo, porque lá em casa só eu bebo uma cervejinha. Minha mulher não bebe. Meu sogro não bebe. Minha sogra não bebe. Beber sozinho não dá. Preciso de parceiros", comentou o cantor, que relevou também beber todos os dias

Listas