Topo

10 funcionários agraciados com gorjetas generosas por razões inusitadas

do BOL

02/09/2017 07h00

Quem não gosta de receber um dinheiro extra e inesperado, certo? Os funcionários a seguir acabaram sendo surpreendidos com a empatia e a generosidade de clientes que resolveram dar uma força a mais no orçamento para o final do mês. Confira:
 

  • Reprodução/Facebook/Meg Baker - CBS New York

    Guiados pela mão de Deus

    O caso mais recente a ser divulgado na mídia foi o da garçonete Brianna Siegel, de Nova Jersey, nos EUA, que ganhou cerca de R$ 3.800 na última semana por acreditar em Deus. Ela atendeu um casal que pediu dois hambúrgueres e duas bebidas no restaurante onde estava trabalhando. Eles, então, perguntaram se a jovem acreditava em Deus, ao que ela respondeu afirmativamente. Ao entregar a conta, Brianna percebeu que os dois haviam deixado um envelope com instruções para que fosse aberto somente fora do estabelecimento de trabalho. Ao abri-lo, a jovem se deparou com a quantia em cheque e um singelo bilhete: "PS. Quando as coisas estiverem difíceis, saiba que Deus te ajuda". Os clientes, que preferiram permanecer no anonimato, afirmaram que Deus os guiou para que dessem o dinheiro a alguém que tocasse seus corações. Leia mais

  • Reprodução/Facebook

    Gesto de gentileza

    Você já ouviu falar que gentileza gera gentileza? Para o garçom Kasey Simmons, do Texas, nos EUA, ela rendeu uma graninha também. Em agosto do ano passado, ele recebeu cerca de R$ 1.600 de gorjeta depois que uma cliente pediu o item mais barato do cardápio, uma água com sabor pelo preço de cerca de R$ 1,20, se levantou e foi embora, deixando para trás apenas o dinheiro e um bilhete. A mensagem explicava exatamente o que o garçom havia feito para merecer tamanha recompensa. No dia anterior, Kasey passou por uma idosa cabisbaixa no mercado e resolveu animá-la, parando para conversar, tecer elogios e ainda pagar pelas despesas dela. A gorjeta do dia seguinte foi ofertada por ninguém menos do que a filha da senhora, que resolveu agradecer pelo homem ter dado tanta atenção para a idosa justamente no dia em que fazia três anos que a mãe havia ficado viúva: "Em um dos dias mais deprimentes do ano... você fez o dia da minha mãe ficar maravilhoso. Você insistiu em pagar as compras. Disse-lhe que ela é uma mulher muito bonita. Eu nunca tinha visto essa mulher sorrir tanto depois que meu pai morreu", confidenciou a filha

  • Reprodução/ABC7 News

    Bom atendimento

    Em 2015, o jovem garçom Brendan Motill recebeu nada menos do que R$ 3 mil reais de gorjeta por conta do bom atendimento em um restaurante de Ilinois, nos EUA. O rapaz, com então 19 anos, contou ao "ABC7 News" que, como o dia estava tranquilo no estabelecimento, aproveitou para conversar com um dos clientes, que resolveu agraciá-lo com a gorjeta generosa no final do atendimento. "Meu queixo caiu. Não consegui reagir, estava em choque", revelou Brendan sobre o cliente que havia consumido cerca de R$ 60. Junto ao dinheiro, também havia um bilhete, com os dizeres: "Obrigado pelo seu amável atendimento. Você está fazendo um excelente trabalho como garçom. Não sei quais são os seus desejos e os seus sonhos na vida, mas espero que isto ajude. Minha esperança é que as pessoas sejam mais pacíficas umas com as outras. O mundo anda negativo e violento, então eu faço gestos aleatórios de bondade para mostrar às pessoas que há um outro jeito. Que a paz esteja com você, irmão!"

  • Reprodução/Fox News

    Ajuda com as dívidas

    Em abril deste ano, Cayla Chandara ficou bastante surpresa ao receber uma ajuda extra para pagar as dívidas da faculdade. Ela, que começou a trabalhar como garçonete para bancar os estudos no Havaí, estava atendendo um casal de turistas australianos, quando foi requisitada para dar dicas locais. No meio da conversa, os estrangeiros quiseram saber um pouco mais sobre a atendente, que revelou a eles o motivo de trabalhar como garçonete e desabafou sobre o desânimo em prosseguir com os estudos, uma vez que as dívidas já estavam se acumulando. Tocados pela história de Cayla, eles foram embora, mas deixaram US$ 400 de gorjeta, o dobro do que haviam consumido no restaurante. Sem pensar duas vezes, a garçonete fez questão de agradecer, enviando um cartão e flores para o hotel dos mais novos amigos. Porém o gesto acabou emocionando ainda mais o casal, que resolveu pagar as dívidas da moça com a faculdade, cerca de dez mil dólares

  • Reprodução/ABC News

    Salário baixo

    Loran Lopez, do Arkansas, EUA, recebeu uma gorjeta dos sonhos em 2015. Com então 19 anos, a garçonete faturou cerca de R$ 6 mil reais! Na ocasião, ela revelou ao jornal "ABC News" que estava servindo o almoço para duas clientes habituais, quando foi surpreendida por um cheque de US$ 2.278, ou seja, dois mil dólares a mais do que o valor da conta, o que para a época ficava em torno de seis mil reais. Loran já conhecia a fama de generosa da freguesa em questão, mas nem sonhava em ser agraciada com uma gorjeta dessa proporção. Além de agradecer inúmeras vezes, a garçonete fez questão de dar um abraço na responsável por tamanha ajuda financeira. A mulher revelou que já havia trabalhado como atendente em um restaurante, quando era mais jovem, e que, por acreditar que os estabelecimentos pagam pouco para seus profissionais, gosta de fazer sua parte. "Ela disse 'isso é algo que eu quero fazer para as pessoas'", contou a garçonete

  • Reprodução/Facebook/Brian Maixner

    Para tratamento dentário

    No início de 2015, o garçom Brian Maixner, do Kansas, nos EUA, viu sua vida mudar ao receber US$ 25 mil de um cliente. O advogado Fred Boettchere se identificou com o atendente, que teve grave problemas dentários na infância e, sem dinheiro para um tratamento adequado, acabou perdendo muitos dentes. O cliente, então, perguntou ao gerente do estabelecimento se poderia deixar a quantia generosa em gorjeta para que Brian pudesse fazer o tratamento adequado e recuperar o sorriso. "Não importa qual a sua religião ou se você acredita em vida após a morte, a forma de ter satisfação na vida é ser gentil com todo mundo e ser generoso o quanto você puder", contou o advogado ao jornal da emissora local KWCH, que divulgou a história. "Este homem não me conhece e isso é algo que eu nunca poderia dar ao luxo de fazer por mim mesmo. Eu fiquei comovido pelo tanto que ele se importava", emocionou-se Brian

  • Reprodução/Oddee

    Honestidade

    Kristen Ruggiero trabalhava em uma pizzaria dos EUA em 2012, quando, após servir uma pizza para um casal, se deparou com cinco notas de cem dólares em cima da mesa. O "problema" é que a conta dos dois tinha sido de apenas US$ 42. Logo, eles deixaram simplesmente US$ 458 a mais. Com a certeza de que os clientes haviam cometido um engano, Kristen guardou o dinheiro. Um mês depois, porém, o mesmo casal retornou ao estabelecimento e ao serem questionados pela atendente, que tentou devolver o dinheiro, revelaram que nenhum erro havia sido cometido. Eles deixaram o valor como gorjeta para ela. "Disseram que eu merecia", confidenciou a garçonete à "ABC", ao afirmar que usou o dinheiro para pagar dívidas e levar os filhos para passear em um parque de diversões

  • Reprodução/Facebook/Abigail Sailors

    História emocionante

    Em 2014, aos 18 anos, a garçonete Abigail Sailors, de Nebraska, nos EUA, emocionou dois clientes do restaurante onde trabalhava com sua história de vida. Os dois fregueses começaram a fazer perguntas sobre a jovem e a razão para ela estar sempre feliz. O que eles não imaginavam é que a atendente confidenciaria uma trajetória de superação. Segundo a moça revelou ao "JournalStar", a família sofreu um acidente de carro quando ela ainda era um bebê, o que deixou a mãe com sequelas permanentes. Por conta disso, ela e a irmã foram levadas para três diferentes lares adotivos, onde não foram bem tratadas. A sorte das duas mudou, no entanto, quando se encontraram com John e Susi Sailors, de quem Abigail até adotou o sobrenome. Ela contou aos clientes que mantém contato com a mãe biológica, que recebe tratamento em uma clínica, e que era muito grata por ter encontrado pessoas tão boas em sua vida, como os pais adotivos. No final da conversa, Abigail ainda revelou que estava cursando psicologia, mas que não teria como custear o semestre seguinte. Prontamente os homens fizeram dois cheques no valor total de R$ 14 mil reais para que a garçonete pudesse pagar os estudos e outras despesas. Por fim, eles ainda deixaram mais cem dólares, que ela dividiu com uma colega. "Não conseguia acreditar. Tentei agradecer e eles disseram 'agradeça a Deus'", contou a moça

  • Reprodução/Twitter/@jornaloglobo

    Dinheiro de Deus

    No final do ano passado, Sarah Clark recebeu um presente inesperado bem próximo ao Natal. A garçonete do Arizona, nos EUA, recebeu uma gorjeta no valor aproximado de R$ 3 mil reais. Os gastos do cliente não haviam passado de R$ 300, o que deixou a atendente grávida ainda mais em choque. "Este é o dinheiro de Deus. Ele nos deu isso para que pudéssemos dar a você", escreveu o cliente na nota entregue para a garçonete. "Você volta e meia ouve que isso aconteceu em algum lugar, mas nunca espera que aconteça com você", contou Sarah à emissora KTVK

  • Reprodução/Daily Mail

    Bilhete premiado

    Em 2013, a garçonete Aurora Keharts ganhou dois bilhetes como gorjetas no restaurante onde trabalhava em Oregon, nos EUA. O cliente responsável pela sorte grande da atendente costumava ir regularmente ao estabelecimento até que um dia deixou com a funcionária dois bilhetes de loteria. Eis que, para surpresa de todos, ao conferir os números, Aurora descobriu que havia ganhado R$ 12 com o primeiro bilhete e R$ 38 mil com o segundo! "Eu automaticamente devolvi para ele. Era o bilhete dele!", contou a mulher à agência de notícias AP. Porém o homem fez questão que ela assinasse o ticket para que pudesse retirar o prêmio. No dia seguinte, ela resgatou o dinheiro e deu uma parte ao benfeitor. "Eu não poderia deixar de dar parte do prêmio a ele", contou

Listas