Topo
Esporte

Herói da Inglaterra jogava na 4ª divisão e fez previsão de gol salvador

do UOL

Thiago Rabelo

Colaboração para o UOL, na Alemanha

11/07/2024 04h00

Ollie Watkins, herói da classificação da Inglaterra para a final da Eurocopa, tem uma história bem diferente das tradicionais do futebol.

Revelado pelo modesto Exeter City, que era da quarta divisão inglesa e atualmente disputa a terceira, ele era reserva até 2016 e tinha como ídolo Harry Kane. Na semifinal desta quarta-feira, ele entrou justamente no lugar do camisa 9 e fez o gol que garantiu a vitória por 2 a 1 sobre a Holanda, em Dortmund.

Foi apenas o segundo jogo de Watkins na Eurocopa. O atacante do Aston Villa havia jogado apenas 20 minutos na partida da fase de grupos contra a Dinamarca, em empate por 1 a 1 com direito a vaias ao técnico Gareth Southgate e pressão por melhor desempenho.

Ele fez uma espécie de premonição ao companheiro Cole Palmer. Mesmo sem chances e com um cenário nada animador, o atacante disse ao também reserva que os dois entrariam e fariam a diferença na partida da semifinal.

Eu juro pela minha vida e pela vida dos meus filhos. Eu falei para o Cole Palmer. Nós vamos entrar hoje e você vai armar para mim. Por isso que eu fiquei tão feliz com ele. Foi uma finalização excelente. Melhor sentimento do mundo Watkins

Já na entrevista coletiva, o atleta do Aston Villa revelou uma frustração pelos poucos minutos disputados na Eurocopa — e detalhou mensagens que recebeu de amigos.

Para ser sincero, eu estava um pouco frustrado por estar no banco. Essa foi a melhor temporada da minha carreira e eu recebia muitas mensagens de amigos para eu ser paciente, de que eu faria um gol essa noite, de que eu marcaria um gol. Mas eu falava que isso era ridículo. Espero agora que eles façam o mesmo na final ou que possam me dar os números da loteria Watkins

Carreira dura

Apesar da profecia do gol salvador, Watkins não é uma pessoa de grandes sonhos. Nascido em Torquay, pequena cidade de 50 mil habitantes na Inglaterra, ele fez toda a base no Exeter City.

Virou profissional em 2013, com 18 anos, mas só ganhou status de titular no fim de 2016, o que fez com que ele não tivesse grandes sonhos no futebol.

Não, eu nunca sonhei em jogar uma Eurocopa pela Inglaterra. Todo mundo sonha, mas eu sou realista. Eu tinha de pensar no dia a dia. Eu só conseguia pensar em como chegar ao profissional do Exeter Watkins

Mesmo com as dificuldades, Watkins acredita que foi bom ter ficado no clube da quarta divisão inglesa e ter se desenvolvido longe dos centros mais populares do país.

"Eu me beneficiei de ter vido de um clube pequeno como o Exeter City. Se eu tivesse jogado em uma categoria acima, em clubes maiores, provavelmente eu teria me perdido. Eu estou orgulhoso da trajetória que eu tive", disse antes da Eurocopa ao site da Federação Inglesa.

Watkins também confessou ter Harry Kane como ídolo e como o camisa 9 influenciou a sua evolução no jogo.

Três anos antes da minha primeira convocação para a Inglaterra, o preparador físico da Inglaterra veio a Brentford (clube em que defendia após deixar o Exeter) e eu perguntei: 'qual é a rotina de Harry Kane? O que ele faz?' Eu queria esses pequenos conselhos para melhorar onde eu podia. Agora, anos depois, eu e ele estamos juntos pela Inglaterra Watkins

Esporte