Topo
Esporte

Utilizado por Carpini, Erick perde espaço no São Paulo após chegada de Zubeldía

Erick festeja gol do São Paulo sobre o Águia em jogo da Copa do Brasil - MAURíCIO RUMMENS/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Erick festeja gol do São Paulo sobre o Águia em jogo da Copa do Brasil Imagem: MAURíCIO RUMMENS/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

25/06/2024 07h00

O atacante Erick chegou ao São Paulo no início desta temporada. Em seu começo de trajetória pelo Tricolor, foi utilizado com frequência pelo técnico Thiago Carpini, principalmente no segundo tempo dos jogos. No entanto, após a chegada do argentino Luis Zubeldía, ele perdeu espaço no elenco.

Desde a chegada de Zubeldía, Erick foi titular em apenas dois dos 14 jogos disputados pelo São Paulo. Ele começou jogando nos duelos contra o Águia de Marabá, pela Copa do Brasil, em que o argentino resolveu escalar uma equipe alternativa.

Erick entrou no segundo tempo seis vezes, ou seja, jogou oito partidas sob o comando de Zubeldía. Ele sequer saiu do banco de reservas em seis jogos, sendo que três deles foram os últimos da equipe na temporada.

O atacante esteve em campo pela última vez no empate sem gols contra o Internacional, quando entrou aos 25 minutos do segundo tempo.

O pouco tempo de jogo se tornou frequente para Erick com Zubeldía, algo que não acontecia com Carpini. Com o ex-treinador, o atacante também não era titular, mas foi utilizado em 13 dos 18 jogos que o São Paulo disputou.

A ausência de Erick nos últimos jogos do São Paulo se deve pela preferência de Zubeldía em escalar outros jogadores no segundo tempo das partidas. Um exemplo é Wellington Rato, que voltou recentemente de lesão e tem ganhado oportunidades com o argentino. Michel Araújo também tem entrado, assim como Ferreirinha - que também vem sendo menos utilizado.

Erick possui 21 jogos com a camisa do São Paulo. O atacante marcou dois gols e deu três assistências pelo Tricolor.

Esporte