Topo
Esporte

Empate com a Costa Rica reforça fase negativa da Seleção Brasileira pós-Copa de 2022

25/06/2024 09h11

A Seleção Brasileira ainda não encontrou um bom momento após a Copa do Mundo de 2022. O empate diante da Costa Rica pela Copa América, nesta segunda-feira, resultou em mais uma estatística negativa da equipe após o fim do torneio mundial.

Segundo o Sofascore, esta foi a primeira vez que o Brasil não venceu a Costa Rica desde 1960, eram nove vitórias consecutivas. Em amistoso preparatório para a Copa América disputado no último dia 12 de junho, a Seleção ficou no empate em 1 a 1 com os Estados Unidos. Foi a primeira vez que a Amarelinha não ganhou dos norte-americanos desde 1998, eram 11 triunfos seguidos.

A fase do Brasil nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026 também está longe de ser positiva. A equipe faz seu pior início de competição na história, possuindo apenas sete pontos em seis jogos, ocupando a sexta colocação da tabela.

Além disso, pela primeira vez na história das Eliminatórias, o Brasil perdeu três jogos seguidos, sofreu um revés como mandante e foi derrotado pela Colômbia. Além disso, a derrota para o Uruguai, em outubro de 2023, foi a primeira para os uruguaios desde 2001.

Desde o fim da Copa do Mundo de 2022, o Brasil teve três comandantes: Ramon Menezes, Fernando Diniz e Dorival Júnior. Os dois primeiros eram treinadores interinos, já que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) aguardava a chegada de Carlo Ancelotti, algo que não ocorreu.

Dorival Júnior ainda não comandou a Seleção Brasileira em um jogo das Eliminatórias. Dos cinco duelos como treinador do Brasil, quatro foram amistosos e um da Copa América.

Buscando retornar ao caminho vitorioso, o Brasil volta a campo na próxima sexta-feira, às 22h (de Brasília), quando enfrentará o Paraguai pela segunda rodada da fase de grupos da Copa América. O palco da partida será o Allegiant Stadium, nos Estados Unidos.

Esporte