Topo
Esporte

São Paulo reencontra antiga 'pedra no sapato' após quase dez anos

O técnico Zubeldía, do São Paulo, no jogo contra o Vasco, pelo Brasileirão - Peter Ilicciev/Ag. Estado
O técnico Zubeldía, do São Paulo, no jogo contra o Vasco, pelo Brasileirão Imagem: Peter Ilicciev/Ag. Estado

25/06/2024 05h00

O São Paulo recebe o Criciúma nesta quinta-feira, às 19h (de Brasília), no Morumbis, pela 12ª rodada do Brasileirão. Após quase dez anos, o Tricolor reencontra um adversário que lhe costumava dar trabalho na última década.

Dos seis jogos disputados contra o Criciúma na década passada, o São Paulo conquistou apenas duas vitórias. A equipe catarinense venceu o Tricolor três vezes, e os times empataram uma partida.

Em 2013, ano em que flertou perigosamente com o rebaixamento à Série B, o São Paulo não conseguiu vencer o Criciúma. Os catarinenses venceram os paulistas no Morumbis, por 2 a 1, no primeiro turno do Brasileirão. No Heriberto Hulse, vitória por 1 a 0 no returno da competição.

Na temporada seguinte, as equipes empataram o primeiro embate em 1 a 1, no Morumbis, pelo Brasileirão, e o São Paulo seguiu sem conseguir vencer o Criciúma.

Em agosto de 2014, as equipes voltaram a se encontrar, mas pela segunda fase da Copa Sul-Americana. O Criciúma venceu o jogo de ida por 2 a 1, no Heriberto Hulse, e abriu vantagem na disputa. No entanto, no Morumbis, o São Paulo, com gols de Édson Silva e Kaká, ganhou por 2 a 0, conquistou a classificação e enfim superou o time catarinense.

Depois, em dezembro daquele ano, as equipes se encontraram pela última vez. O São Paulo venceu o Criciúma por 2 a 1, com gols de Édson Silva e Alan Kardec, no Heriberto Hulse, pelo Brasileirão. Os catarinenses foram rebaixados naquela temporada e retornaram à elite apenas neste ano.

O São Paulo enfrentou o Criciúma 20 vezes em sua história. Ao todo, o Tricolor possui nove vitórias, cinco empates e seis derrotas.

Esporte