Topo
Esporte

Vítor Pereira e Corinthians não chegam a acordo em ação de R$ 7,5 milhões

Vítor Pereira, ex-técnico do Corinthians - Ettore Chiereguini/AGIF
Vítor Pereira, ex-técnico do Corinthians Imagem: Ettore Chiereguini/AGIF
do UOL

Do UOL, em Santos (SP)

24/06/2024 18h43

O Corinthians não chegou a um acordo com o ex-técnico Vítor Pereira nesta segunda-feira (24) e o caso vai a julgamento no dia 22 julho.

O que aconteceu

Vítor Pereira e o departamento jurídico do Corinthians negociaram hoje em uma audiência online da Justiça do Trabalho e não entraram em um acordo. O UOL apurou que a conversa foi rápida e sem qualquer avanço entre as partes.

O atual técnico do Al-Shabab cobra R$ 7,5 milhões por não ter recebido direitos trabalhistas como FGTS, férias e 13º pelos nove meses trabalhados em 2022.

O Timão voltou a alegar que recolheu FGTS e honrou as verbas rescisórias. Dessa forma, não houve acordo e o caso vai a julgamento no dia 22 de julho.

Vítor Pereira também move uma ação na Fifa no valor de R$ 2,6 milhões. O Corinthians recorreu à Corte Arbitral do Esporte e ainda não há julgamento marcado.

A informação sobre a falta de acordo entre Vítor Pereira e Corinthians foi inicialmente publicada pelo GE.

Esporte