Topo
Esporte

Polonês Lewandowski descarta aposentadoria da seleção após a Eurocopa

24/06/2024 17h54

A história da Polônia na Eurocopa está perto de terminar. Já eliminados, os poloneses farão sua última partida na competição nesta quarta-feira, contra a França, às 13h (de Brasília), no Signal Iduna Park. Capitão da equipe, Robert Lewandowski descartou a possibilidade de se aposentar da seleção após o torneio.

"Não quero me arrepender por ter me aposentado tão cedo, quando ainda poderia ter jogado mais tempo. Não quero lutar contra essa decisão quando chegar a hora. Por enquanto, porém, ela ainda não chegou", disse Lewandowski, em entrevista ao site oficial da Uefa.

O atacante do Barcelona afirmou que a decisão de se aposentar da Polônia será tomada junto com sua família e o seu círculo íntimo de amizades. Entretanto, aos 35 anos, sinalizou que ainda planeja disputar jogos de alto nível pela seleção polonesa.

"Preciso sentir isso dentro de mim. Certamente, ninguém influenciará minha decisão. Somente minha família e eu, ninguém de fora. Realmente, não sei (quanto tempo ainda irá jogar pela Polônia). Vários fatores contribuem para isso: jogar durante tantos anos em um determinado nível, com a consciência de ter grandes expectativas, tentar realizar não só os seus sonhos, mas também os sonhos dos polacos. É claro que me sinto bem nesta equipe. O ambiente faz com que seja um lugar agradável para ficar", afirmou o atacante.

Pela Polônia, Lewandowski disputou 151 partidas e marcou 82 gols, sendo o maior artilheiro da história do país. O atacante só disputou uma partida nesta Euro, já que não atuou na estreia por conta de uma lesão muscular.

Esporte