Topo
Esporte

Bragantino vira sobre o Vitória, entra no G6 do Brasileirão e manda o rival para o Z4

23/06/2024 20h29

O Red Bull Bragantino bateu o Vitória, de virada, por 2 a 1, neste domingo (23), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jean Mota abriu o placar para o time baiano. Eric Ramires e Helinho balançaram as redes para os donos da casa.

Com o resultado, o Red Bull Bragantino foi a 18 pontos e entrou no G6 do Campeonato Brasileiro, grupo que garante vaga na próxima Libertadores, mais precisamente na sexta colocação. O Vitória, por sua vez, entrou na zona de rebaixamento, já que tem a mesma pontuação do Atlético-GO, mas um saldo de gols inferior.

O Red Bull Bragantino volta a entrar em campo na próxima quarta-feira (26), quando visita o Botafogo, no Nilton Santos, às 19h (de Brasília), pelo Brasileirão. Já o Vitória encara o Fluminense, no Maracanã, no dia seguinte, às 19h.

Como foi o jogo

O primeiro tempo foi bastante movimentado em Bragança Paulista e logo aos 16 minutos o Vitória abriu o placar. Luiz Adriano recebeu de Willian Oliveira na entrada da área e, mesmo tendo passado da bola, conseguiu ajeitá-la para Jean Mota chegar batendo de primeira, no cantinho, sem chances para o goleiro Cleiton.

Aos 39 minutos, o Vitória ampliou. Iury Castilho recebeu de Willian Oliveira e tocou com categoria na saída do goleiro para ampliar o placar, mas o árbitro acertadamente marcou impedimento do atacante do Vitória.

O Red Bull Bragantino, por sua vez, não se abateu e seguiu buscando o empate até o juiz apitar o fim do primeiro tempo. Antes disso, já nos acréscimos, aos 48, Eric Ramires esbanjou oportunismo ao aproveitar o rebote do chute de Eduardo Sasha e completar para o fundo das redes, deixando tudo igual em Bragança Paulista antes de as equipes irem para os vestiários.

Embalado pelo empate nos acréscimos do primeiro tempo, o Red Bull Bragantino voltou para a etapa complementar mais ligado e conseguiu a virada aos 21 minutos, quando Lucas Evangelista puxou contra-ataque e tocou na direita para Helinho bater cruzado, rasteiro, no cantinho, sem chances para Lucas Arcanjo, virando o jogo para os donos da casa.

Nos minutos finais da partida, o técnico Thiago Carpini ainda tentou, de todas as formas, fazer o Vitória ir para o ataque em busca do empate, mas o goleiro Cleiton apareceu quando foi exigido, fazendo boas defesas para assegurar o importante triunfo em Bragança Paulista.

FICHA TÉCNICA
RED BULL BRAGANTINO 2 X 1 VITÓRIA

Local: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 23 de junho de 2024, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Tiago Augusto Kappes Diel (RS)
VAR: Rafael Traci (SC)
Gols: Jean Mota, aos 16 do 1ºT (Vitória); Eric Ramires, aos 48 do 1ºT, Helinho, aos 21 do 2ºT (Red Bull Bragantino)
Cartões amarelos: Helinho, Nathan Mendes, Mosquera (Red Bull Bragantino); Lucas Esteves, Luan (Vitória)

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Jadsom (Nathan Mendes), Pedro Henrique, Luan Cândido e Juninho Capixaba; Raul, Eric Ramires (Mosquera) e Lucas Evangelista; Helinho (Laquintana), Eduardo Sasha (Thiago Borbas) e Vitinho (Gustavinho). Técnico: Pedro Caixinha.

VITÓRIA: Lucas Arcanjo; Willean Lepo, Wagner Leonardo, Reynaldo (Osvaldo) e Lucas Esteves; Rodrigo Andrade, Willian Oliveira (Raúl Cáceres), Léo Naldi (Luan) e Jean Mota (Matheuzinho); Culebra e Luiz Adriano (Fábio). Técnico: Thiago Carpini.

Esporte