Topo
Esporte

São Paulo: três zagueiros? Zubeldía vê dor de cabeça em 1° jogo pós-derrota

do UOL

Do UOL, no Rio e em São Paulo

22/06/2024 04h00

Luis Zubeldía vive sua primeira "dor de cabeça" no comando do São Paulo: o técnico perdeu sua invencibilidade na derrota do Tricolor para o Cuiabá e, em seu primeiro teste pós-tropeço, contra o Vasco, tem um problema relevante para escalar seu time.

O que aconteceu

O time paulista não terá Alisson em campo. O camisa 25 tomou seu terceiro cartão amarelo nesta edição do Campeonato Brasileiro e está suspenso para o jogo da noite deste sábado (22), que começa às 21h30 (de Brasília).

Sem o lesionado Pablo Maia e o convocado Bobadilla, Zubeldía tem apenas duas peças para preencher sua dupla de volantes: Luiz Gustavo e Galoppo — o último, no entanto, não é um defensor de origem e teve um desempenho discreto na partida diante do Cuiabá.

Os outros jogadores da posição vêm das categorias de base: Iba Ly, Negrucci (que se recuperou de lesão recentemente) e Fumaça. Nenhum deles atuou entre o elenco profissional nesta temporada.

A escassez de atletas pode abrir espaço para o técnico mudar o esquema e usar três zagueiros. O argentino já utilizou esta formação, por exemplo, no clássico contra o Palmeiras, ainda no final de abril. Neste cenário, Diego Costa, Arboleda e Alan Franco seriam acionados, e os laterais Welington e Igor Vinícius virariam alas.

A falta de tempo, por sua vez, impede o ajuste fino de Zubeldía. O técnico, que teve apenas uma sessão completa antes da viagem ao Rio de Janeiro, lamentou o calendário apertado imposto ao São Paulo ainda no meio da semana.

É um desafio para todos os times. Tivemos uma sequência de partidas a cada três dias, mas as coisas foram dadas assim. Não sei as outras equipes, mas é certo que estamos jogando há cada 72 horas ou algo parecido. De uma maneira ou outra, temos que pensar na próxima partida e ganhar Luis Zubeldía

Esporte