Topo
Esporte

Italo diz ter de 'baixar nível' do surfe em polêmica com juízes da WSL

do UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro

22/06/2024 04h00

Campeão olímpico e mundial, Italo Ferreira disse que, por vezes, tem de baixar o nível do seu surfe contra alguns atletas na polêmica envolvendo as notas dos juízes da WSL (Liga Mundial de Surfe).

O que aconteceu

Os critérios adotados pelos jurados da WSL foram alvo de críticas tanto da torcida brasileira quanto dos próprios surfistas do país recentemente. Italo falou sobre o tema.

A gente se adapta ao jogo. Hoje, realmente, está tendo um pouco mais de transparência comparado aos últimos meses. A gente tem se envolvido um pouco mais com o pessoal da WSL. Eles têm entendido que os surfistas são prioridade na competição e que temos que ser ouvidos. Está sendo legal essa troca, essa transparência entre atleta e a organização. Creio que, a cada ano, isso vem melhorando. A gente vem se adaptando, jogando o jogo, que é o que importa se quisermos vencer. Temos que jogar o jogo e, algumas vezes, até baixar um pouco o nível para se adaptar a outros atletas que não têm o mesmo nível que você. Vamos vivendo esse mundo e se adaptando, tendo desafios, vencendo, perdendo e aprendendo Italo Ferreira, ao UOL

Dentro da WSL, porém, há ressalvas. Presidente da organização na América Latina, o brasileiro Ivan Martinho, por exemplo, cita os sete títulos do Brasil nas últimas nove temporadas.

Essas coisas [reclamações], de fato, acontecem. Existe um escritório da WSL que cuida dessa parte do juízo, mas aqui do meu lado, o que eu vejo é que temos sempre que levar em consideração a história dos sete títulos dos últimos nove. Eles foram julgados pelos mesmos juízes. Então, por que será que realmente teria mudado agora? Temos sempre que ter a capacidade de distinguir o que é um fato e o que é, talvez, uma insatisfação transformada em comentário e que gera uma polêmica enorme, mas espero que já seja uma página virada e a gente, olhando para frente, não tenha mais esse tipo de discussão
Ivan Martinho

Italo aprova Finals em Fiji

Uma das grandes novidades anunciadas pela WSL para 2025 é a mudança de local do Finals, etapa que decide o campeão mundial. A partir do ano que vem, Trestles [EUA] dará lugar a Fiji, algo que foi aprovado por Italo.

Fiji é uma etapa muito especial. É uma onda que realmente desafia os atletas, não é como Trestles, que você basicamente sabe o que o outro adversário é capaz de fazer naquelas posições. Já foram três anos ali na mesma onda [Trestles], então, ficou um pouco repetitivo. Acho que Fiji, assim como alguns outros lugares do mundo, pode trazer um pouco mais de emoção para o público Italo Ferreira

Esporte