Topo
Esporte

Com sobrevida no cargo, Carille reencontra algoz da sua demissão em 2022

Fábio Carille, técnico do Santos, durante jogo contra o Goiás - GUILHERME DIONíZIO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO
Fábio Carille, técnico do Santos, durante jogo contra o Goiás Imagem: GUILHERME DIONíZIO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

22/06/2024 06h00

O técnico Fábio Carille ganhou sobrevida no comando do Santos com a vitória sobre o Goiás, na última quarta-feira, na Vila Belmiro, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

O treinador, portanto, segue à frente do time no jogo contra o Mirassol, pela 12ª rodada da Segunda Divisão.

Ainda ameaçado no cargo, Carille reencontrará um adversário que não lhe traz lembranças positivas.

Foi justamente após uma derrota para o Mirassol que o comandante foi demitido em sua primeira passagem pelo Peixe.

Carille havia começado a temporada sob prestígio após salvar o clube do rebaixamento no Campeonato Brasileiro do ano anterior.

Entretanto, não resistiu a um início terrível no Paulistão de 2022.

A gota d'água foi a derrota por 3 a 2 diante do Mirassol, no Estádio Municipal José Maria de Campos Maia.

O Santos saiu atrás e viu o Leão abrir 3 a 0 naquele jogo.

O time até reagiu e diminui para 3 a 2, com gols de Madson e Marcos Guilherme, mas não conseguiu o empate e viu o técnico cair no dia seguinte.

Carille já mediu forças com o Mirassol nesta temporada.

Com uma equipe mesclada, o Peixe cedeu o empate ao Leão nos minutos finais e ficou no 2 a 2, pelo Campeonato Paulista.

Agora, porém, o momento é outro.

Após o vice-estadual e um início arrasador na Série B, o Santos despencou e vivia crise na Segunda Divisão.

O time chegou a atingir quatro derrotas seguidas e convivia com cobranças, mas amenizou a pressão com o triunfo sobre o Goiás, na última quarta.

O confronto com o Mirassol acontecerá na próxima terça-feira, às 19h (de Brasília), no Estádio Municipal José Maria de Campos Maia.

Esporte