Topo
Esporte

Endrick fala sobre possibilidade de ser titular da Seleção na Copa América: "Somente Deus sabe"

21/06/2024 19h10

Reserva nos dois amistosos que a Seleção Brasileira fez antes da Copa América, Endrick falou sobre a possibilidade de ser titular da equipe durante a competição e disse acreditar na estratégia definida pelo treinador Dorival Júnior.

"Somente Deus sabe. Como eu agradeço muito a Deus por ter um primeiro treinador como o Abel, ele sabia o tempo de me colocar. Eu sou um garoto cristão, espero tudo no tempo de Deus e tudo no tempo de professor Dorival também. Ele sempre conversa comigo, converso com todo o staff também. Eu fico na minha, trabalhando e esperando o tempo de Deus, porque Deus é maior que tudo e a Seleção também é maior que todo mundo. Ninguém precisa ultrapassar as etapas e ultrapassar o Brasil. Tudo tem que ser no tempo certo, vou estar trabalhando. Óbvio que eu quero ajudar a Seleção, seja dando dicas fora de campo, ajudando na resenha, ou brincando com meus colegas. Agradeço muito ao Dorival por ter me convocado, por confiado em mim e não só em mim, mas no outros jogadores também. Dorival é um treinador espetacular e eu sei que ele está fazendo a melhor coisa para o Brasil", contou

O atacante saiu do banco de reservas na partida contra o México e garantiu a vitória da Seleção, marcando o terceiro gol já no final do jogo. Endrick também entrou no decorrer do amistoso contra os EUA, mas não evitou o empate em 1 a 1.

"Eu quero jogar, quero ajudar do jeito que for, seja de meia, de atacante, jogando onde ele vê que eu posso ajudar o Brasil. A gente conversa todos os dias. Fico muito feliz de estar aqui dentro. São jogadores espetaculares. Você vê todos os atacantes que tem aqui, são de alto nível e todos tem capacidade de estar no time titular. O Abel me ensinou muitas coisas e sempre coloquei na minha cabeça que nunca tem time titular, que o time que começou o campeonato não é o mesmo que vai terminar", completou.

A Seleção estreia na Copa América na próxima segunda-feira, às 22 horas (de Brasília), no Sofi Stadium, em Los Angeles, diante da Costa Rica, pelo grupo D. Colômbia e Paraguai completam a chave.

"A gente sabe que a Copa América não é uma competição fácil. A gente pensa sempre no nosso próximo passo, que é a Costa Rica. A gente sabe que vai ser um jogo difícil e estamos nos preparando muito para isso, porque a gente quer ser campeão da Copa América, queremos voltar a ser campeão e é isso que a gente vai buscar. É um passo por vez, tem a Costa Rica primeiro, depois vem outro time e assim por diante, mas a gente nunca vai pensar no próximo adversário, sempre vamos pensar no que a gente vai enfrentar e sempre com a cabeça assim", analisou Endrick.

Esporte