Topo
Esporte

Danilo? Hugo Souza? Diretor do Flamengo atualiza movimentações do mercado

do UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/06/2024 04h00

Diretor executivo do Flamengo, Bruno Spindel atualizou as movimentações do clube no mercado. Ele admitiu que essa janela será mais discreta e falou sobre as especulações do lateral Danilo e do retorno de Hugo Souza após empréstimo.

O grupo é muito forte. O que mais orgulha dessas partidas com o agravante a dificuldade dos atletas convocados e lesionados é a força do grupo. O elenco é muito forte, tem disputa em todas as posições. Não tem nada planejado especificamente para essa janela porque o grupo é muito forte. O clube está sempre atento ao mercado, não tem viagem marcada nem nada. Confiamos no grupo que está aqui, nos atletas e na comissão. O mais importante é focar no Fluminense. Bruno Spindel

O que mais ele falou?

Danilo: "Não tem nada. A declaração dele é que é capitão de uma das maiores equipes da Europa, isso é algo muito grande e que se um dia ele tomar a decisão de carreira de voltar ao Brasil os clubes que gostaria de jogar são Flamengo e Santos. É capitão da seleção, da Juventus, um atleta que não tem o que comentar. Não tem nada além do que ele falou que é o desejo dele se um dia tomar a decisão de voltar ao Brasil. Ficamos lisonjeados com um comentário desses, mas, de novo, o grupo do Flamengo é muito forte. Confiamos em todos os atletas. Tem disputa em todas as posições. Foi pensado nessa forma a janela de janeiro para preparar a equipe para os desafios da temporada."

Hugo Souza: "Tem muita sondagem, muita mesmo. Uns seis clubes ligando interessados. Mas proposta no papel ainda não. Vamos analisar [a chance de ficar no Flamengo]. O clube foi rebaixado, mas ele fez bons jogos lá. Por isso os clubes tem ligado para entender a situação. Mas ainda não enviaram proposta oficial."

Grupo: "O foco é sempre o próximo jogo. Óbvio que é um momento muito duro. Tem cinco atletas de alto nível nas seleções. O que dá mais orgulho é a força do grupo. Temos um grupo muito forte, todos os atletas comprometidos. Vários jogando fora de posições, executando funções que fizeram poucas vezes na carreira. Está indo tudo muito bem. O que dá mais orgulho é o trabalho de todos de conseguir com que todos façam as funções que trabalham no dia a dia."

Lesionados: "São 11 jogos sem os atletas, isso agrava os problemas das lesões. Contra o Athletico eram cinco lesionados e mais o Bruno Henrique sem a menor condição de entrar. Falei com o Doutor no intervalo para dar alguma medicação e ele disse que já tinha dado tudo desde o dia anterior. Ele foi no sacrifício, como o Allan, que acelerou a recuperação e outros que estão se sacrificando de outras formas. Ortiz de volante, Léo Pereira que se ofereceu para jogar de lateral."

Vai na CBF reclamar? "Todos podem concluir que é duro de lidar. Os atletas convocados, as lesões e o calendário. Não temos nada programado [para fazer representação formal na CBF]."

Esporte