Topo
Esporte

Zagueiro do Inter se declara e diz que não queria enfrentar o Corinthians

do UOL

Do UOL, em São Paulo

20/06/2024 01h13

O zagueiro Robert Renan, atualmente no Internacional e revelado no Corinthians, disse que não gostaria de enfrentar o Timão.

O que aconteceu

Robert Renan destacou o carinho que tem pelo Corinthians. O jogo da noite da última quarta-feira (19) foi o primeiro dele contra o ex-clube na carreira.

Eu não queria enfrentar o Corinthians, mas como tenho que enfrentar, graças a Deus saí vitorioso. Tenho um respeito muito grande pelo Corinthians, que é o clube onde me tornei profissional. Espero não enfrentar mais, se Deus quiser. Robert Renan, na zona mista após Internacional x Corinthians

O zagueiro também disse que ainda sonha em voltar a defender as cores do Corinthians. "Com certeza. Com todo respeito à torcida do Internacional, eu tenho o sonho de jogar pelo Corinthians um dia. É um clube que eu amo muito", afirmou.

Por fim, Robert Renan falou sobre a amizade que tem com jovens do elenco do Corinthians. "Estou muito feliz por ver eles no profissional. São meninos que eu passei praticamente a base toda junto, sofremos juntos. Espero que possam ser muito felizes no Corinthians".

Roberto Renan se destacou na base do clube e foi promovido ao elenco profissional em 2022. Ao todo, ele disputou apenas 13 jogos na equipe principal antes de ser envolvido na negociação do Corinthians com o Zenit, que definiu a permanência em definitivo de Yuri Alberto no Timão.

Negociação frustrada no ano passado

O Corinthians tentou a contratação de Robert Renan para a atual temporada. A diretoria, ainda sob o comando de Duilio Monteiro Alves, iniciou as conversas com o Zenit em dezembro do ano passado.

A ideia era um empréstimo por uma temporada. Entretanto, o Zenit exigiu que o empréstimo fosse menor, de apenas seis meses. Augusto Melo, que já estava eleito presidente, conversou com o então técnico Mano Menezes, e ambos concordaram que uma cessão curta não valeria a pena.

Robert Renan, então, foi emprestado pelo Zenit ao Internacional. O Colorado atendeu as pedidas dos russos e conseguiu fechar um vínculo de empréstimo por toda a temporada de 2024.

No Colorado, o defensor viveu momentos de pressão. Com destaque no começo do ano, ele foi criticado pela torcida após dar uma cavadinha que eliminou a equipe nas semifinais do Campeonato Gaúcho para o Juventude. Agora, vem recuperando o espaço.

Esporte