Topo
Esporte

Presidente do Vasco fala sobre Coutinho, Payet e detona SAF: 'Quebrada'

do UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

18/06/2024 20h04

Pedrinho, presidente do Vasco, comentou sobre a negociação com Philippe Coutinho, dívidas com o meia Payet e fez duras críticas à 777 Partners, afirmando que a SAF "está quebrada".

A SAF está quebrada. Tem gente preocupada com aporte... A SAF está quebrada, e eu já sabia disso muito antes, por isso tivemos de fazer a intenção com a liminar. As luvas estão atrasadas desde o ano passado Pedrinho

O que aconteceu

Pedrinho esteve na Câmara dos Vereadores do Rio nesta terça-feira (18). O projeto de reforma de São Januário foi aprovado de forma definitiva pelo órgão.

O presidente do Vasco detonou a 777 e disse estar levando estabilidade ao departamento de futebol. Pedrinho citou dívidas dos tempos em que a empresa era a sócia majoritária — o clube retomou o controle da SAF em liminar judicial, há pouco mais de um mês.

O mandatário rechaçou qualquer problema de relacionamento com Payet. Ele assegurou que não há arestas com o jogador francês e que alguns débitos foram identificados e estão sendo quitados.

"A SAF está quebrada. Tem gente preocupada com aporte... A SAF está quebrada, e eu já sabia disso muito antes, por isso tivemos de fazer a intenção com a liminar. As luvas estão atrasadas desde o ano passado", disse.

A minha relação com o Payet é ótima. A dívida com Payet é de março, não fui eu. Todos os compromissos que assumi estão sendo honrados. A SAF foi criada justamente para dar estabilidade por meio de uma empresa que seja saudável financeiramente e que passa saúde financeira pro clube. Isso não aconteceu Pedrinho

Pedrinho também comentou a negociação com Coutinho. O presidente cruz-maltino ressaltou que as duas partes querem um final feliz para as conversas.

Lógico que vai ser cobiçado por outros clubes. É um jogador muito acima da média. Mas o ponto positivo é que o Coutinho quer jogar no Vasco e nós, vascaínos, queremos muito o Coutinho no Vasco. O Coutinho está abrindo mão de muita coisa para vir. Eu estou fazendo um esforço absurdo para que a gente consiga chegar em um final feliz. Está tudo sendo construído e andando bem Pedrinho

O que mais ele disse:

Saúde financeira da SAF do Vasco: "A SAF está quebrada. Tem gente preocupada com aporte... A SAF está quebrada, e eu já sabia disso muito antes, por isso tivemos de fazer a intenção com a liminar. As luvas estão atrasadas desde o ano passado.

A minha relação com o Payet é ótima. A dívida com Payet é de março, não fui eu. Todos os compromissos que assumi estão sendo honrados. A SAF foi criada justamente para dar estabilidade por meio de uma empresa que seja saudável financeiramente e que passa saúde financeira pro clube. Isso não aconteceu. É muito além de aporte, mas como o movimento foi identificado de forma antecipada, já estamos estruturando uma operação financeira para honrar todos os compromissos, e é isso que estou fazendo.

Já identificado o problema da SAF, estamos honrando salário em dia, estamos pagando luvas atrasadas e vamos continuar fazendo isso até o final do ano. O que estou levando é estabilidade, financeira e de gestão. Não estamos tendo desempenho esportivo por enquanto, esperamos que isso mude. Estou muito seguro de tudo que estou falando a vocês.

Foi dito que a 777 aportava todo mês um dinheiro para pagar salário, mas essa é uma informação errada. Se existisse o investimento, teria de constar no balanço. Não consta, então, é mentira. Se fosse feito aporte para pagamentos mensais, seria um absurdo. O aporte era para contratar, investir, agredir as dívidas, e não para custear folha salarial. Adiantamentos acontecem desde a criação da SAF.

Payet. "Nunca houve um fio de problema na relação com o Payet. Muito pelo contrário. Identificamos a questão das dívidas e isso que estamos elaborando. Mapeamos todas as dívidas, não só com o Payet, mas com outros jogadores e empresários. Algumas já conseguimos pagar [luvas atrasadas]

Coutinho: "Lógico que vai ser cobiçado por outros clubes. É um jogador muito acima da média. Mas o ponto positivo é que o Coutinho quer jogar no Vasco. O desejo do Coutinho é jogar no Vasco, e nós, vascaínos, queremos muito o Coutinho no Vasco. Eu, particularmente, tenho um carinho muito especial pelo Coutinho e pela família dele. Já fizemos a proposta ao Coutinho, está sendo avaliada e fazendo alguns ajustes com a gestão dele. O Coutinho está abrindo mão de muita coisa para vir para o Vasco. Eu estou fazendo um esforço absurdo para que a gente consiga chegar em um final feliz. Está tudo construindo e andando bem.

Está bem encaminhado. A proposta foi entregue e o Coutinho está avaliando. Obviamente, se tiver de fazer algum ajuste, vamos ver as possibilidades para fazer. O que eu posso dizer é que as duas partes querem muito. O Coutinho quer muito, e eu, representando os vascaínos, quero muito. Eu vou fazer tudo, tudo para o Coutinho vir para o Vasco".

Esporte