Topo
Esporte

Chefe de delegação na Copa América, Casares garante empenho ao São Paulo

Julio Casares, presidente do São Paulo - BRUNO ESCOLASTICO/ESTADÃO CONTEÚDO
Julio Casares, presidente do São Paulo Imagem: BRUNO ESCOLASTICO/ESTADÃO CONTEÚDO

18/06/2024 19h35

Convidado para chefiar a delegação da seleção brasileira na Copa América, o presidente do São Paulo, Julio Casares, fez questão de garantir publicamente que não se ausentará dos compromissos que possui no clube, participando remotamente de reuniões e sempre a par dos processos realizados enquanto ele estará nos EUA.

O que aconteceu

A ausência do presidente do São Paulo coincidirá com a abertura da janela de transferências do meio do ano. O Tricolor monitora o mercado e conversa com alguns jogadores, como o lateral esquerdo Alex Sandro e o volante Thiago Mendes.

Apesar de não estar presente fisicamente, Julio Casares está certo de que conseguirá ficar a par de tudo e coordenar as operações do clube à distância. Ele ainda disse que trabalhará para buscar um bom resultado para a seleção brasileira na Copa América.

Como vocês sabem, chefiarei a delegação da seleção brasileira na Copa América, motivo de orgulho pessoal e muito importante para a nossa instituição. Vamos trabalhar. Não estou indo lá como apenas uma figuração. Vocês me conhecem, vou trabalhar com uma missão importante para que a CBF e a seleção brasileira tenham bons resultados. [...] Eu não estarei ausente, estarei trabalhando online, participando das reuniões do São Paulo, e, principalmente, ligado às questões do nosso clube, da nossa instituição. Estaremos juntos pelo São Paulo e estarei nos EUA com a seleção brasileira, mas muito atento a todos os movimentos, a todas as reuniões muito importantes da nossa instituição. Voltaremos logo e, quem sabe, com o título da nossa seleção.
Julio Casares

O Brasil estreia na Copa América no dia 24 de junho, às 22h (de Brasília), contra a Costa Rica, no SoFi Stadium, em Inglewood, na área metropolitana de Los Angeles, na Califórnia.

Esporte