Topo
Esporte

Por que Palmeiras vê saída de Dudu para o Cruzeiro como bom negócio

A saída de Dudu após um ciclo iniciado em 2015 não é vista como desastrosa pela diretoria do Palmeiras, que trata a negociação com o Cruzeiro com bons olhos.

Bom negócio?

O Alviverde evitou colocar a idolatria do camisa 7 como um fator-chave na negociação com os mineiros, que passaram a fazer investimentos pesados desde que o empresário Pedro Lourenço comprou a SAF do clube.

Dudu foi seduzido pelo Cruzeiro com uma proposta "irrecusável": um contrato de quatro temporadas — com opção de extensão por mais uma em caso de metas batidas — e salário superior ao atual.

O atleta tem 32 anos, idade considerada avançada para um ponta, e não joga desde agosto do ano passado. Ele passou por uma cirurgia após grave lesão no joelho direito e se recuperou, de fato, somente nas últimas semanas. Contra o Vasco, na última quinta (13), até ficou no banco, mas não chegou a ser acionado.

Estêvão subiu e encantou Abel, que passou a usar joia como titular - Cesar Greco/Palmeiras/by Canon - Cesar Greco/Palmeiras/by Canon
Estêvão subiu e encantou Abel, que passou a usar joia como titular
Imagem: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

As novas opções do elenco palmeirense também pesaram na liberação: Estêvão subiu aos profissionais e virou figura constante entre os titulares de Abel Ferreira, e Felipe Anderson foi contratado para atuar em setor semelhante ao de Dudu. Além deles, Lázaro é habitualmente utilizado, e Maurício, do Inter, formará parte do elenco.

Por fim, a questão financeira é vista com bons olhos na Academia de Futebol. A proposta cruzeirense, que gira em torno de US$ 5 milhões (R$ 26,7 milhões), agradou diante da idade e do salário mensal de cerca de R$ 2,1 milhões do jogador — o maior vencimento do futebol brasileiro. A saída representa, além da nova receita, um alívio na folha.

Os números do ídolo

O jogador defendeu o Palmeiras em 443 jogos oficiais. Destes, a maior parte se concentra no Campeonato Brasileiro (227) e no Campeonato Paulista (107). As informações constam no site oficial do clube.

Dudu marcou 88 gols com a camisa verde. As temporadas mais artilheiras foram a de 2015 e 2017, quando balançou a rede 16 vezes em cada ano.

Foram 12 títulos conquistados, entre eles as Libertadores de 2020 e 2021 e quatro edições do Brasileirão. As outras conquistas são: Copa do Brasil (2015), Campeonato Paulista (2020, 2022 e 2023), Recopa Sul-Americana (2022) e Supercopa do Brasil (2023).

Errata: este conteúdo foi atualizado
Diferentemente do que foi informado, Dudu tem 12 títulos pelo Palmeiras. O jogador não conquistou o Campeonato Paulista de 2024. O erro já foi corrigido.

Esporte