Topo
Esporte

Majestoso terá embate entre técnicos estrangeiros pela primeira vez neste século; confira

16/06/2024 05h30

O domingo de futebol reserva um clássico para os torcedores alvinegros e tricolores. A partir das 16 horas (de Brasília), Corinthians e São Paulo se enfrentam na Neo Química Arena, na capital paulista, em compromisso válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Essa será a segunda partida entre Corinthians e São Paulo nesta temporada. No entanto, o duelo em Itaquera terá um elemento especial neste domingo. Será a primeira vez neste século em que tanto o Timão como o Tricolor terão técnicos estrangeiros no comando.

Atualmente, o Alvinegro paulista é treinado pelo português António Oliveira, enquanto o São Paulo é comandado pelo argentino Luis Zubeldía. Ao longo deste século, os dois times tiveram diversos técnicos estrangeiros, mas essa será a primeira vez que dois deles ficarão cara a cara.

Nos 24 anos percorridos até o momento, o Corinthians teve quatro técnicos de outros países (contando com António Oliveira). O Timão não teve um histórico de apostar em treinadores estrangeiros e sempre optou por procurar opções no mercado de comandantes brasileiros - Mano Menezes e Fábio Carille, por exemplo, tiveram três passagens pelo clube neste período.

Neste século, somando António, o Alvinegro foi comandado por somente outros três estrangeiros: Darío Pereyra (Uruguai), em 2001; Daniel Passarella (Argentina), em 2005; e Vítor Pereira (Portugal), em 2022.

Enquanto isso, o São Paulo decidiu voltar a contratar um técnico estrangeiro após três anos. Zubeldía é o sexto comandante de fora do Brasil a treinar o Tricolor neste século. Antes dele, vieram: Roberto Rojas (Chile, 2003); Juan Carlos Osorio (Colômbia, 2015); Edgardo Bauza (Argentina, 2016); Diego Aguirre (Uruguai, 2018); e Hernán Crespo (Argentina, 2021).

Dessa forma, António Oliveira e Zubeldía protagonizarão o primeiro embate entre estrangeiros do deste século no Majestoso. Os dois treinadores, porém, chegam para o clássico vivendo momentos distintos no comando Corinthians e São Paulo, respectivamente.

António Oliveira, ex-Cuiabá, foi contratado pelo Corinthians em fevereiro deste ano após a demissão de Mano Menezes. O português teve um bom início, mas com a queda de rendimento da equipe, tem sofrido no Campeonato Brasileiro. O time ocupa a 15ª posição, com seis pontos somados em oito rodadas. Tem apenas uma vitória e amarga o pior ataque da competição, com somente cinco gols marcados.

No total, António comandou a equipe em 24 partidas. Obteve 12 vitórias, seis empates e seis derrotas. O treinador também foi muito criticado, no início de sua passagem, pelos cartões amarelos excessivos, mas melhorou seu comportamento à beira do gramado.

Do outro lado, Zubeldía chegou recentemente ao São Paulo. O argentino assinou com o Tricolor no fim de abril, depois da queda de Thiago Carpini, e vem tendo o início dos sonhos. No comando da equipe até aqui, foram 11 jogos, com oito vitórias e três empates.

No Majestoso, os dois vão atrás de seu primeiro triunfo em clássicos paulistas. Tanto António quanto Zubeldía disputaram apenas um clássico. Ambos enfrentaram o Palmeiras e empataram com o Verdão - o português em 2 a 2, pelo Paulista, e o argentino em 0 a 0, pelo Brasileirão.

Esporte