Topo
Esporte

Fluminense: STJD vai denunciar empurrão, e Felipe Melo pode pegar 12 jogos

do UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro

16/06/2024 12h52

O volante Felipe Melo, do Fluminense, será denunciado pela procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelo empurrão no assessor de imprensa do Atlético-GO.

O que aconteceu

O plano da procuradoria é enquadrar o jogador no artigo 254-A, que prevê punição por agressão física.

A pena ao jogador pode ir de quatro a 12 jogos de suspensão.

A denúncia se baseia tanto na descrição feita pelo árbitro na súmula, quanto nas imagens dos instantes finais da partida.

"Na minha opinião, houve agressão", disse Ronaldo Piacente, procurador-geral do STJD, ao UOL. A denúncia será formalizada no tribunal nos próximos dias.

O que disse a súmula?

Informo que expulsei de forma direta o atleta Felipe Melo, da equipe do Fluminense, após o término da partida e fora do campo de jogo, por atingir com um empurrão de forma violenta nas costas do assessor de imprensa da equipe do Atlético-GO, o Alvaro de Castro Moura Neto, que, após o ato, veio a cair no solo. E assim, gerando tumulto generalizado. Informo que o atleta expulso teve que ser contido pelos companheiros. Árbitro Gustavo Ervino Bauermann, na súmula

Agressão após comemoração

A atitude de Felipe Melo aconteceu depois da virada do Atlético-GO, por 2 a 1, no Maracanã.

O assessor do clube visitante atravessou o campo para filmar a comemoração dos jogadores próximo à linha de fundo.

Na volta, chegou a dar um salto na comemoração, mais próximo ao banco tricolor. Aí, Felipe Melo veio e o empurrou.

A súmula registrou também esse movimento do assessor de imprensa.

Informo que aos 49 do segundo tempo, após o gol da equipe do Atlético-GO, fui informado pelo quarto árbitro, sr Maguielson Lima, que o Alvaro de Castro Moura Neto, assessor de imprensa do Atlético-GO, invadiu o campo de jogo próximo ao banco de reserva da equipe do Fluminense para comemorar o gol de sua equipe.

Esporte