Topo
Esporte

Ex-presidente da Mancha relata promessa de Dudu de permanecer no Palmeiras

16/06/2024 20h02

Dudu movimentou os bastidores do Palmeiras neste fim de semana ao ser anunciado como novo jogador do Cruzeiro. No entanto, em entrevista à CNN neste domingo, Paulo Serdan, ex-presidente da Mancha Verde, torcida organizada do clube, contou que o atleta vai permanecer no Verdão "pela torcida".

"Eu não vou (para o Cruzeiro). Vou ficar pela torcida, pela minha família", teria prometido Dudu, segundo Serdan.

A promessa teria sido realizada em conversa na casa de Dudu. Além de Serdan, a reunião também teria contado com o agente do atacante, André Cury.

Serdan também disse a Dudu que, se a ida ao Cruzeiro se concretizasse, ele teria saído do Palmeiras como um "mercenário".

"Ele tinha muito mais a perder do que a ganhar saindo dessa forma. Eu falei pra ele: 'Dudu, você vai sair como um mercenário, como um pilantra'", disse Serdan.


André Cury, empresário de Dudu, afirmou a Serdan que era o Palmeiras que teria o desejo de vender o atleta. O ex-presidente concordou com a fala do agente.

"Mas é o Palmeiras que não está querendo, o Palmeiras que vendeu", teria dito Cury. "Nesse momento, o Palmeiras vendeu. Quem não quer o Dudu é o Palmeiras. Se ele assinar, ele está indo pela grana", afirmou Serdan.

Conforme apurou o Gazeta Esportiva, Dudu possui o desejo de permanecer no Palmeiras. O atacante, inclusive, participou do treino deste domingo, na Academia de Futebol, onde também teve uma conversa com o técnico Abel Ferreira.

O Cruzeiro anunciou o acordo com o Palmeiras pela contratação de Dudu no sábado. Neste domingo, o clube paulista soltou uma nota afirmando que o atacante tem contrato até o fim de 2025.

Esporte