Topo
Esporte

Empurrão de Felipe Melo e ira de Guga: derrota do Flu acaba com confusão

do UOL

Do UOL, em São Paulo

15/06/2024 23h13Atualizada em 16/06/2024 00h18

A derrota de virada do Fluminense para o Atlético-GO, em jogo realizado na noite deste sábado (15) dentro do Maracanã e válido pelo Campeonato Brasileiro, terminou com confusão e revolta de jogadores da equipe carioca (assista abaixo).

O que aconteceu

Ainda antes do apito final, Guga se revoltou com o cinegrafista do Sportv. O lateral, que estava no banco, foi advertido pela arbitragem e reclamou com o repórter.

"Vai filmar lá na casa do c... também, rapaz", gritou o jogador enquanto tentou dar um tapa no equipamento do funcionário da emissora.

Logo depois do gol da virada dos visitantes, marcado por Zuleta, foi a vez de Felipe Melo se envolver em confusão — desta vez, com Álvaro Neto, assessor de imprensa do Atlético-GO.

O profissional passou correndo e celebrando o gol próximo ao banco do Fluminense quando foi agredido pelo jogador, que saiu do banco de reservas e o empurrou pelas costas. O volante acabou expulso.

Fernando Diniz, técnico do Tricolor, falou sobre o momento envolvendo Felipe Melo após a partida. Ele disse "não ter visto o lance" e reforçou que o jogador "veste a camisa do clube de corpo e alma".

Tenho uma relação positiva com ele [Felipe Melo], ele tenta defender o clube. Não vi o lance em si. Ele é um cara que veste a camisa do clube de corpo e alma. É saber colocar a cabeça no lugar. Normalmente, se perde a cabeca quando a torcida começa a vaiar, e isso é uma oportunidade de crescer nesse momento Fernando Diniz

Fernando Diniz, técnico do Fluminense, durante jogo contra o Atlético-GO - Jorge Rodrigues/AGIF - Jorge Rodrigues/AGIF
Fernando Diniz, técnico do Fluminense, durante jogo contra o Atlético-GO
Imagem: Jorge Rodrigues/AGIF

Esporte