Topo
Esporte

Álvaro Martins explica vitória do Cruzeiro sobre o Cuiabá pelo Brasileirão

14/06/2024 09h32

Nesta quinta-feira, Álvaro Martins, auxiliar técnico de Fernando Seabra, analisou em coletiva de imprensa a vitória do Cruzeiro sobre o Cuiabá por 2 a 1, no Mineirão, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

O membro da comissão técnica da Raposa elogiou a equipe adversária e explicou a forma de jogar da equipe na primeira etapa.

"A gente pega um adversário qualificado e que vinha em uma crescente muito boa. Dentro da nossa estratégia, a nossa pressão funcionou bem por alguns momentos. Só que depois eles conseguiram ter algumas vantagens e a gente sofreu com isso e com contra-ataques. Ao mesmo tempo, com bola a gente conseguiu buscar muito o que a gente queria, mas no último momento estava faltando um associativo melhor para definir as jogadas. Fizemos o gol em um momento que o jogo não estava tão claro para nós, nos primeiros 30 minutos estava um pouco mais claro", disse.

Álvaro Martins também comentou as mudanças feitas para o segundo tempo e como isso impactou na partida.

"No segundo tempo, a gente não conseguiu ajustar a pressão, mas a gente trouxe algo novo para jogar, porque a gente passou a sair em três e eles também não conseguiram ajustar. Acho que tomamos o gol em um momento que estávamos bem, em um contra-ataque que eles também tiveram os méritos deles. Depois, fizemos o gol em outra grande jogada. Mais para o fim tomamos decisões mais cautelosas, com uma linha de cinco porque eles colocaram outro centroavante no jogo, e conseguimos sustentar até o fim. É um time competitivo e muito alto, que a gente conseguiu não sofrer tanto nos cruzamentos e nas bolas paradas. Inclusive, o fizemos sofrer nas bolas paradas", relatou.

Com o triunfo, o Cabuloso chega a 13 pontos em sete jogos e ocupa a sétima colocação. A equipe mineira também está com um jogo a menos que todos os times à frente na tabela na competição.

O Cruzeiro volta a campo neste domingo, às 18h30 (de Brasília), contra o Vasco, em São Januário, pela nona rodada do Brasileirão.

Esporte