Topo
Esporte

São Paulo empata sem gols contra o Internacional e mantém invencibilidade com Zubeldía

13/06/2024 22h01

O São Paulo empatou sem gols com o Internacional nesta quinta-feira, no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor até balançou as redes com Calleri no segundo tempo, mas teve o gol anulado pelo assistente e também pelo VAR.

Com o resultado, o São Paulo manteve a invencibilidade sob o comando do técnico Luis Zubeldía. Agora são 11 jogos no total, com oito vitórias e três empates, continuando nas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro, além de estar classificado para as oitavas da Copa do Brasil e também da Copa Libertadores.

O São Paulo volta a entrar em campo no próximo domingo, quando enfrenta o Corinthians, às 16h (de Brasília), na Neo Química Arena, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Internacional terá pela frente o Vitória, no mesmo dia e horário, no Barradão, também pela competição por pontos corridos.

Inter tem baixa importante no começo do jogo

Logo aos três minutos de jogo o Internacional perdeu seu principal jogador. Alan Patrick acabou sentindo e teve de ser substituído por Hyoran. A saída do "cérebro" do time foi bastante sentida pelo Colorado, que teve muitas dificuldades para criar oportunidades de gol, assim como o adversário.

A primeira e única boa chance do Internacional no primeiro tempo aconteceu aos 15 minutos, quando Thiago Maia ficou com a sobra na entrada da área e bateu de primeira, com a perna esquerda, mandando próximo ao ângulo da meta de Jandrei.

O São Paulo, por sua vez, só foi responder aos 39 minutos. O Tricolor também tinha muitas dificuldades para agredir o adversário com naturalidade e só foi capaz de ameaça-lo quando Nestor longo lançamento para Calleri completar no segundo pau, de primeira, surpreendendo o goleiro Fabrício, já que a bola desviou no zagueiro do Inter antes de quase entrar no gol.

São Paulo tem gol anulado

Depois de um primeiro tempo com pouca inspiração, o São Paulo voltou mais ligado para a etapa complementar e conseguiu abriu o placar aos sete minutos, quando Lucas levantou a bola na medida para Calleri cabecear no contrapé do goleiro e estufar as redes. Inicialmente o assistente marcou impedimento do camisa 9 tricolor. Após revisão do VAR, a anulação foi mantida.

Depois disso a tônica do primeiro tempo prevaleceu na etapa complementar. Ambas as equipes voltaram a ter muitas dificuldades de agredir a meta adversária. Assim, coube aos técnicos promoverem algumas substituições na esperança de mudar a perspectiva do jogo. Pelo lado do São Paulo, entraram Galoppo, Ferreirinha e Erick nas vagas de Luiz Gustavo, Nestor e Luciano, respectivamente. Pelo lado do Inter, Wanderson e Gustavo Prado substituíram Lucca e Bruno Henrique.

Fabrício faz milagres

Aos 33 minutos, o São Paulo teve sua melhor chance na partida. Lucas Moura puxou contra-ataque e abriu para Ferreirinha, que foi para cima da marcação e devolveu para o camisa 7 tricolor chegar batendo de primeira, carimbando o marcador. No rebote, porém, ele chutou forte, no cantinho, obrigando Fabrício a fazer grande defesa.

No minuto seguinte foi a vez de Igor Vinícius cruzar na medida para Lucas, que desta vez cabeceou praticamente dentro da pequena área, exigindo outro milagre do goleiro do Internacional, em noite inspirada.

Assim, coube aos são-paulinos se conformarem com o empate sem gols em Criciúma antes de voltarem o foco para o importante clássico do próximo domingo, contra o Corinthians, na Neo Química Arena, onde venceu apenas uma vez desde que o estádio foi inaugurado, há dez anos.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 0 X 0 SÃO PAULO

Local: estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)

Data: 13 de junho de 2024, quinta-feira

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA - SC)

Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Gilberto Rodrigues Casto Júnior (PE)

Cartões amarelos: Fernando, Vitão, Bustos, Aránguiz, Bruno Gomes (Internacional); Luis Zubeldía, Luiz Gustavo, Galoppo, Calleri, Ferreirinha (São Paulo)

INTERNACIONAL: Fabrício; Bustos (Igor Gomes), Vitão, Fernando e Renê; Thiago Maia, Bruno Henrique (Gustavo Prado), Aránguiz (Bruno Gomes) e Wesley; Alan Patrick (Hyoran) e Lucca (Wanderson).

Técnico: Eduardo Coudet.

SÃO PAULO: Jandrei; Igor Vinícius, Diego Costa, Alan Franco e Welington; Luiz Gustavo (Galoppo), Alisson e Lucas (André Silva); Luciano (Erick), Nestor (Ferreirinha) e Calleri (Juan).

Técnico: Luis Zubeldía.

Esporte