PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Japão rebate jornal inglês e garante Olimpíadas em 2021

22/01/2021 08h55

TÓQUIO, 22 JAN (ANSA) - O governo do Japão desmentiu as informações veiculadas pelo jornal britânico "The Times" de que já teria tomado a decisão de cancelar os Jogos Olímpicos de Tóquio por causa da pandemia do novo coronavírus.   


Em uma coletiva de imprensa, o vice-chefe do gabinete, Manabu Sakai, também negou a possibilidade de organizar as Olimpíadas em 2032.   


"Queremos refutar qualquer conjectura construída na matéria. Até o momento, continuamos determinados a fazer o que estiver ao nosso alcance e a seguir em frente com a organização dos Jogos", afirmou Sakai.   


O primeiro-ministro do país, Yoshihide Suga, também afirmou durante uma sessão parlamentar que o governo japonês está considerando adotar medidas especiais anti-Covid para receber os Jogos Olímpicos com um nível confiável de segurança.   


Em uma entrevista à "Kyodo News", o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, garantiu que os Jogos serão disputados em 2021. Ele também afirmou que não há nenhum plano B.   


Citando um funcionário do governo japonês, o jornal "The Times" informou que o país teria decidido ser "muito difícil" organizar as Olimpíadas. A matéria também revela uma preocupação do Japão em manchar sua imagem com o COI e a intenção de receber o evento em 2032.   


Uma pesquisa divulgada pela "Kyodo News" apontou que cerca de 80% dos japoneses acreditam que os Jogos deveriam ser cancelados ou reagendados.   


As Olimpíadas de Tóquio estão programadas para acontecer entre os dias 23 de julho e 8 de agosto de 2021 e os Jogos Paralímpicos de 24 de agosto a 5 de setembro. Na história,o megaevento só foi cancelado em 1916, 1940 e 1944 em decorrência das Guerras Mundiais. (ANSA).   


Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Notícias