PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Messi quer colocar 'ponto final' em crise no Barcelona

30/09/2020 10h41

ROMA, 30 SET (ANSA) - O craque Lionel Messi, do Barcelona, afirmou que gostaria de colocar um "ponto final" na crise iniciada por conta de sua quase saída do clube catalão. O argentino admitiu seus erros e ainda pediu união.   


O atacante quis deixar o Barcelona no início de agosto, no entanto, não conseguiu um acordo com a diretoria e decidiu ficar na Catalunha até junho de 2021 para evitar uma briga judicial.   


Na entrevista concedida ao jornal espanhol "Sport", Messi falou em tom conciliador e quer deixar de lado a crise iniciada por causa do seu desejo de ter deixado o Barça.   


"Após tantas desavenças, gostaria de colocar um ponto final.   


Precisamos nos unir, todos os barcelonistas, e assumir que o melhor está por vir", disse o craque.   


Após ter anunciado sua permanência no Barcelona, Messi atacou o presidente do time, Josep Maria Bartomeu, e deixou claro sua insatisfação com a diretoria nas mensagens de despedida ao meia Arturo Vidal, que foi para a Inter de Milão, e Luis Suárez, do Atlético de Madrid.   


"Gostaria de mandar uma mensagem para todos os sócios e culés que nos seguem. Se vocês se sentiram machucados em algum momento com algo que falei ou fiz, não tenha dúvidas que fiz pensando também no melhor para o clube. Asumo os meus erros, que se existiram, foram apenas para fazer um melhor e mais forte Barcelona", afirmou o jogador.   


Messi ainda concluiu dizendo que unir "paixão" e "esperança" é a única maneira do time "alcançar os objetivos" nesta temporada.   


(ANSA).   


Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Notícias