PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Neymar pega gancho de 2 jogos após caso de racismo

16/09/2020 18h00

SAN PAULO, 16 SET (ANSA) - A comissão disciplinar da Liga de Futebol Profissional da França (LFP) decidiu nesta quarta-feira (16) punir o atacante Neymar com dois jogos de suspensão, após a polêmica expulsão na partida contra o Olympique de Marselha.   


Durante reunião, o comitê também determinou a abertura de uma investigação contra o zagueiro espanhol Alvaro González, acusado pelo craque brasileiro de racismo.   


Neymar afirmou que o espanhol xingou-o de "macaco filha da p..." durante o clássico do último domingo (13) pelo Campeonato Francês. No jogo, ele acertou um tapa em González e foi expulso de campo.   


O atacante do Paris Saint Germain (PSG), que diz ter sido vítima de racismo, também foi punido com um terceiro jogo com sursis, o que provocará sua suspensão caso se envolva em alguma confusão nos próximos 10 jogos. Depois desse período, se não ocorrer nenhuma infração, a medida é anulada.   


Na polêmica partida no Parc des Princes, em Paris, cinco atletas foram expulsos, entre eles o camisa 10 do PSG. O companheiro de equipe de Neymar, Ángel Di Maria, também foi convocado para a próxima reunião da comissão disciplinar, em 23 de setembro, por cuspir em González. Embora não tenha sido expulso, ele será investigado pela LFP.   


A punição mais dura ficou com o zagueiro Kurzawa, do PSG, que pegou um gancho de seis partidas pela briga com o lateral Amavi, que ficará suspenso por três jogos.   


Em relação à acusação de racismo, a comissão informou que ainda não convocará Neymar e González porque é "preciso aguardar a investigação, que consistirá em uma análise mais aprofundada das imagens". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Notícias