PUBLICIDADE
Topo

Filipe Toledo diz que é comum surfista ver tubarão: 'igual cachorro na rua'

Filipe Toledo, durante etapa de Pipe Masters - WSL / Cestari
Filipe Toledo, durante etapa de Pipe Masters Imagem: WSL / Cestari
do UOL

Do UOL, em São Paulo

10/04/2020 14h38

Os ataques de tubarões a surfistas pode até ser algo raro de acontecer, mas o brasileiro Filipe Toledo, o Filipinho, afirmou que avistar a fera dos mares é algo rotineiro para os atletas.

"Ver tubarão pra gente é igual ver cachorro na rua", disse ele em entrevista ao "Bola da Vez", do canal ESPN Brasil. O programa foi gravado antes da quarentena e vai ao ar às 21h30 de amanhã (11).

Durante a conversa, o surfista falou sobre a pressão de competir regularmente contra os brasileiros campeões mundiais Gabriel Medina, Adriano de Souza e Ítalo Ferreira.

"Pelos resultados do Gabriel, podemos falar que é muito difícil bater ele. Eu não levo esse lance das pessoas falarem que eu vou ser campeão. Essa pressão é mais tranquila, eu transformo em motivação para mim. Por exemplo, aqui no Brasil, tem gente que treme na base com a torcida, mas eu levo isso para o motivacional", disse o atleta.

Filipinho também afirmou que a nova geração de surfistas brasileiros fez com que o país passasse a ser respeitado no circuito internacional.

"Eles nos olham com respeito. Antes, nos olhavam de cima. Hoje é olho no olho", declarou.

Esporte