PUBLICIDADE
Topo

Por que Boselli fez 'gol salvador' e não tem volta garantida por T. Nunes

Boselli comemora gol do Corinthians sobre o Botafogo-SP, no primeiro jogo oficial do time em 2020 - BETO MILLER/AM PRESS & IMAGES/ESTADÃO CONTEÚDO
Boselli comemora gol do Corinthians sobre o Botafogo-SP, no primeiro jogo oficial do time em 2020 Imagem: BETO MILLER/AM PRESS & IMAGES/ESTADÃO CONTEÚDO
do UOL

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

27/02/2020 19h09

O atacante Mauro Boselli fez o 'gol salvador' do Corinthians no empate contra o Santo André por 1 a 1, ontem (26), na Arena de Itaquera, pela oitava rodada do Campeonato Paulista 2020, mas não tem sua volta garantida ao time titular.

Contra a equipe do ABC paulista, o argentino iniciou pela primeira vez uma partida como reserva por opção técnica ou tática, sob o comando de Tiago Nunes. Ele havia atuado em todos os jogos do Timão em 2020 como titular e só foi poupado apenas na derrota para a Inter de Limeira pelo Paulistão.

Ontem, Boselli ficou na reserva para Vagner Love e entrou no segundo tempo, quando salvou o Corinthians de derrota com gol de cabeça nos acréscimos. Mesmo assim, o técnico Tiago Nunes deixou claro que o argentino não conquistou sua vaga de titular novamente.

Tiago alega que vai mexer no ataque conforme o estilo de jogo adversário e a estratégia de jogo do Alvinegro e, por isso, Boselli não será titular absoluto apesar do bom desempenho em 2020.

"Ele foi reserva por características, vinha jogando com Love, os dois juntos. Os três ficaram muito estáticos com Yony (González). Love era para movimentar, tirar o zagueiro deles na linha e flutuar o Luan. Com jogo de aproximação, a ideia era essa. Mudar a características. Boselli entrou, foi bem, mas independente da circunstância, foi titular até aqui, mas não garante que será titular todos os jogos no ano. Tudo implica na escolha do treinador", afirmou Tiago.

Boselli marcou seis gols e foi responsável por duas assistências do Corinthians na temporada. O Alvinegro disputou dez jogos oficiais e marcou 12 gols. Sendo assim, o argentino esteve "presente" em mais de 60% dos gols corintianos em 2020.

Com o empate contra o Santo André, o Timão chega a nove pontos, é segundo no grupo D e pode sair da zona de classificação para o mata-mata — o Red Bull, que ainda joga na rodada, tem oito. Depois de abrir a oitava rodada do Paulistão, o Alvinegro tem uma longa janela antes de enfrentar o Novorizontino no dia 7 de março (sábado), às 19h, em Novo Horizonte.

Esporte