PUBLICIDADE
Topo

Respeito! Khabib elege Tony Ferguson como adversário mais difícil a enfrentar

Ag. Fight

26/02/2020 13h57

Prestes a defender o cinturão peso-leve (70 kg) do Ultimate pela terceira vez, Khabib Nurmagomedov está mais focado do que nunca em sua preparação. Em entrevista ao site 'TMZ Sports', o russo - que encara Tony Ferguson no dia 18 de abril, no UFC 249 - ressaltou a capacidade superior de seu próximo adversário em relação aos rivais do passado, em sua opinião, para justificar a maior atenção dada a este confronto.

Com duas defesas de título bem sucedidas até o momento, tendo como oponentes Conor McGregor e Dustin Poirier, além de ter enfrentado inúmeros adversários de renome em sua trajetória no UFC, Khabib afirmou que enxerga em Tony Ferguson seu rival mais difícil nos últimos anos. O respeito demonstrado pelo campeão se justifica pelas 12 vitórias seguidas somadas pelo americano, sendo apenas três por decisão dos juízes. O alto nível apresentado por 'El Cucuy' - que não sofre uma derrota desde maio de 2012 - rendeu a ele o reconhecimento como um dos atletas mais perigosos do peso-leve, e Nurmagomedov não pretende menosprezá-lo.

"Na minha opinião, nos últimos anos, eu competi com caras como (Edson) Barboza, (Rafael) dos Anjos, Conor (McGregor), (Al) Iaquinta - todos esses caras não são tão duros quanto Tony Ferguson, e é por isso que eu sinto que agora eu tenho uma motivação verdadeira. Porque antes, quando eu assistia todos esses oponentes, eu pensava: 'Ok, eu posso vencer esses caras'. Claro que eu trabalho duro, mas no momento, é um oponente muito, muito difícil. É por isso, e nós sempre nos focamos, mas no momento nós temos mais foco, mais trabalho pesado. Tony não é como esses caras, ele é um pouco mais duro que todos eles", declarou Khabib.

Campeão dos leves desde abril de 2018, quando derrotou Al Iaquinta para conquistar o cinturão até então vago, Khabib Nurmagomedov se consolidou como um dos lutadores mais dominantes do UFC, tendo raros momentos de perigo durante seus combates. Por sua vez, Tony Ferguson já demonstrou o poder de resiliência para sair de situações desfavoráveis e reverter a peleja em algumas ocasiões. O americano possui 25 vitórias e apenas três derrotas em seu cartel, enquanto o campeão segue invicto após 28 lutas.

Esporte