PUBLICIDADE
Topo

Grêmio empresta pacote de promessas para 'dar casca' e observar de longe

Léo Chu, meia-atacante destaque no time sub-20 do Grêmio, vai jogar o Brasileirão pelo Ceará - Divulgação/Grêmio
Léo Chu, meia-atacante destaque no time sub-20 do Grêmio, vai jogar o Brasileirão pelo Ceará Imagem: Divulgação/Grêmio
do UOL

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

19/02/2020 04h00

O Grêmio emprestou uma série de jovens das categorias de base a outros clubes nas últimas semanas e todos os negócios se conectam dentro de uma política. A ideia é fazer com que as promessas joguem regularmente, mas também convivam com adversidades e saíam da zona de conforto. Ao mesmo tempo, eles serão monitorados com vistas ao próximo ano.

Da Silva, atacante do time de transição até pouco tempo, inclusive foi herói do Caxias na semifinal do primeiro turno do Campeonato Gaúcho. O jogador dificilmente atuará sábado na decisão com o Tricolor, em virtude da cláusula presente no vínculo.

O pacote de promessas emprestadas tem Alison Calegari, zagueiro titular na campanha do vice-campeonato da Copa São Paulo. Gabriel Biteco, meia que estava no time sub-20. E Guilherme Dantas, meia-atacante da equipe de transição. Todos foram cedidos ao Esportivo.

Antes, o Grêmio emprestou Jonatha Robert ao Cruzeiro e liberou Léo Chu ao Ceará. Os dois, com cartaz maior nos times de base do Grêmio, jogarão o Campeonato Brasileiro. Em Belo Horizonte e Fortaleza, eles ganharão minutos que não teriam à disposição em Porto Alegre.

O plano do Grêmio é acompanhar de perto o desempenho deles e acumular dados no relatório da temporada. O documento vai ser levado em consideração no início de 2021, época de definição dos jovens que devem ser promovidos ao grupo principal.

A diretoria do Grêmio planeja aumentar o número de jogadores formados na base do clube no elenco principal. Atualmente, 14 dos 35 atletas do grupo principal vieram de times inferiores.

O Grêmio volta a campo contra o Caxias, sábado (22), na final da Taça Ewaldo Poeta. O jogo será no estádio Centenário, em Caxias do Sul, às 16h30min (horário de Brasília).

Esporte