PUBLICIDADE
Topo

Como Moreno pode ajudar torcida do Cruzeiro a esquecer feitos de Arrascaeta

Em sua terceira passagem, Marcelo Moreno pode ultrapassar Arrascaeta como maior artilheiro gringo do Cruzeiro - Washington Alves / Light Press
Em sua terceira passagem, Marcelo Moreno pode ultrapassar Arrascaeta como maior artilheiro gringo do Cruzeiro Imagem: Washington Alves / Light Press
do UOL

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

19/02/2020 04h00

Marcelo Moreno está de volta ao Cruzeiro. Anunciado no último sábado, o boliviano desembarcou ontem (18) em Belo Horizonte para ter seu primeiro contato direto com a torcida celeste. A chegada do 'flecheiro' aumenta as expectativas por um bom ano e a esperança de mais alegrias em 2020. Além disso, Moreno poderá ajudar a torcida a esquecer de vez o uruguaio Arrascaeta, que foi embora no ano passado, mas que deixou feridas ainda abertas para muitos torcedores.

Não foi só pelo desejo de se transferir para o Flamengo que fez Arrascaeta despertar a ira da torcida do Cruzeiro em 2018. A decepção com o meia também ocorreu por tudo de positivo que o uruguaio construiu no clube, feitos que acabaram arranhados depois de uma saída 'brigada' com a diretoria. Um desses feitos foi se tornar o maior artilheiro estrangeiro da história celeste, marca que poderá voltar para as mãos de Marcelo Moreno ainda nesta temporada.

Arrascaeta deixou o Cruzeiro com 50 gols. Em suas duas passagens pela Raposa, Marcelo Moreno balançou as redes por 45 vezes, o que aumenta muito as chances de ultrapassar o uruguaio. Este, inclusive, já é um assunto comentado por vários torcedores celestes que ainda guardam mágoa do meia, apesar da sua história no clube. Desde o anúncio do boliviano, essa disputa entre os maiores gringos foi reaberta. Para voltar para o topo, Marcelo Moreno terá tempo de sobra, já que seu novo contrato com o Cruzeiro será de três temporadas.

Pelo menos na média de gols, Moreno leva larga vantagem diante de Arrascaeta. O atacante fez 93 jogos pelo Cruzeiro, o que lhe confere uma média de 0,48 gols por jogo. Já o meia fez 188 partidas com a camisa celeste, alcançando uma média de 0,26. Nos títulos, a disputa é mais acirrada, já que o boliviano levantou dois estaduais e um Brasileirão contra um Mineiro e duas Copas do Brasil do uruguaio.

Recorde de jogos

Marcelo Moreno também poderá se tornar o estrangeiro que mais vestiu a camisa do Cruzeiro, que hoje também pertence a Arrascaeta. Isso deverá levar mais tempo, mas o longo tempo de contrato deverá o suficiente para ser alcançado. Como dito, Moreno tem 93 jogos e ocupa a nona colocação neste quesito, atrás de jogadores como Montillo, Sorín, Maldonado, Lucas Romero e até Ariel Cabral (ainda sem permanência certa no Cruzeiro). Arrascaeta lidera com 188 partidas. Se mantiver presença constante em campo por pelo menos dois anos, há chances reais de o boliviano bater o uruguaio em seu último ano de contrato.

Esporte