PUBLICIDADE
Topo

Por que oferta do Atlético-MG é a que mais atrai Rafael no mercado da bola

Rafael, ex-goleiro do Cruzeiro, está na mira do Atlético-MG no mercado da bola - Bruno Haddad/Cruzeiro
Rafael, ex-goleiro do Cruzeiro, está na mira do Atlético-MG no mercado da bola Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro
do UOL

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte (MG)

17/02/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Rafael acertou a rescisão com o Cruzeiro na última sexta-feira (14). O goleiro estudará as procuras recebidas no mercado da bola a partir de hoje (17)
  • O Atlético-MG é o favorito para contratar o jogador, que também recebeu consultas de Athletico-PR, Fluminense e Palmeiras
  • Alguns aspectos fazem o jogador cogitar a mudança para o Galo: o desejo de jogar por mais tempo e a intenção de seguir em Belo Horizonte
  • Aos 30 anos, o goleiro vivia à sombra de Fábio na Toca da Raposa. Embora entendesse a condição de ídolo do titular, ele esperava mais tempo de jogo
  • A permanência em Belo Horizonte também é um fator preponderante para o atleta. Recém-casado, ele tem residência fixa e familiares na cidade

Rafael acertou a rescisão do contrato com o Cruzeiro na última sexta-feira (14). O goleiro estudará as procuras recebidas no mercado da bola a partir de hoje (17), conforme apurado pelo UOL Esporte. O Atlético-MG é o favorito para contratar o jogador, que também recebeu consultas de Athletico-PR, Fluminense e Palmeiras.

Mas o que faz com que o atleta pense em defender o arquirrival de seu ex-clube? A reportagem apurou que há pontos relevantes na oferta feita pelo Galo nesta janela de transferências.

O primeiro ponto é o desejo de Rafael em se tornar protagonista no futebol nacional. Aos 30 anos, o goleiro vivia à sombra de Fábio na Toca da Raposa II. Embora entendesse a condição de ídolo do titular, ele esperava ter mais tempo de jogo a partir de 2020, independentemente da situação atual do clube, rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro.

A intenção do atleta é jogar com mais frequência em 2020. Na Cidade do Galo, ele crê que terá mais tempo de jogo, mesmo que Victor esteja no elenco. O pensamento do atleta é graças à ideia de Rafael Dudamel em colocar o ídolo no banco de reservas.

Nas outras opções que possui no mercado da bola - Athletico-PR, Fluminense e Palmeiras -, Rafael não teria as mesmas oportunidades. O Furacão, hoje, conta com Jandrei e Santos para a posição. O clube paulista conta com Weverton para a função. O Tricolor tem Muriel para a vaga atualmente.

Não é só a possibilidade de jogar por mais tempo que faz Rafael pensar em se mudar para a Cidade do Galo. A permanência em Belo Horizonte também é um fator preponderante para o atleta.

Recém-casado, o goleiro de 30 anos crê que ficar na capital mineira neste momento é um ponto positivo. Ele tem residência fixa e familiares na cidade. Seguir ao lado dos parentes é um ponto positivo. O goleiro é natural de Coronel Fabriciano, a 198 quilômetros de BH.

Rafael ainda não bateu o martelo sobre a transferência no mercado da bola. O goleiro tem uma proposta de quatro anos do Atlético, mas passará a estudar a situação a partir de hoje, conforme apurado pela reportagem.

Esporte