PUBLICIDADE
Topo

Como um garoto de 11 anos ajudou árbitra que era criticada na Espanha

Garoto de 11 anos que ajudou árbitra na Espanha - Reprodução / Twitter / El Comercio
Garoto de 11 anos que ajudou árbitra na Espanha Imagem: Reprodução / Twitter / El Comercio
do UOL

Do UOL, em São paulo

14/02/2020 12h49

Durante um jogo infantil realizado no Complexo Esportivo de La Toba, na Espanha, a reação dos pais dos pequenos atletas chamou a atenção. Revoltados com o resultado, os adultos começaram a insultar a árbitra Ana López, que começou a chorar em campo. Até que o goleiro Pablo Hernández, de apenas 11 anos, tomou uma atitude.

"Havia muita gente nas grades e logo vieram os gols da equipe visitante", contou Ana ao site espanhol El Comercio.

O menino se incomodou com a maneira que os pais reagiram ao placar do jogo, que era entre o Avilés Stadium CF e o Deportivo Valdés CF, e não ficou quieto diante da situação.

"Se calem e deixem a árbitra tranquila de uma vez", disse o garoto. Ainda no gramado, Pablo completou: "Não estão vendo que ela está chorando? Parem, parem!".

Os gritos e protestos da torcida pararam depois da reação do garoto. Após a ajuda, os dois se encontraram e Ana agradeceu: "Muito obrigada por tudo, você é um exemplo para todos os pais".

Esporte