PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG tem dia decisivo por Rafael, que tem audiência com o Cruzeiro

Rafael, goleiro do Cruzeiro, pode se transferir para o Atlético-MG no mercado da bola - Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.
Rafael, goleiro do Cruzeiro, pode se transferir para o Atlético-MG no mercado da bola Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.
do UOL

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

14/02/2020 04h00

Resumo da notícia

  • O Atlético-MG tem um dia decisivo para fechar com Rafael. O Galo aguarda a audiência do atleta com o Cruzeiro para tentar um desfecho
  • Os agentes do goleiro aguardam a rescisão contratual com o Cruzeiro para dar uma resposta definitiva ao arquirrival
  • Outros três clubes demonstraram interesse em Rafael, mas não chegaram a apresentar uma proposta: Athletico-PR, Fluminense e Palmeiras
  • Ele alega que há uma dívida de R$ 9 milhões na Toca da Raposa II por sete meses salários, FGTS, férias, 13º salário e direitos de imagem

O Atlético-MG tem um dia decisivo para acertar a contratação de Rafael, seu alvo no mercado da bola. Com uma proposta enviada ao estafe do goleiro, o Galo aguarda a audiência de conciliação entre o atleta e o Cruzeiro, seu atual clube, na tarde de hoje (14), para que negociação tenha um desfecho.

A diretoria alvinegra já enviou uma oferta aos representantes do jogador de 30 anos visando um acerto para 2020. Contudo, os agentes do arqueiro aguardam a rescisão contratual com o Cruzeiro para dar uma resposta definitiva ao arquirrival.

Outros três clubes demonstraram interesse na contratação de Rafael, mas não chegaram a apresentar uma proposta. Athletico-PR, Fluminense e Palmeiras também esboçaram o desejo de contar com o atleta. Todavia, não formalizaram ofertas.

O atleta entrou na Justiça tentando uma rescisão unilateral e alega que há uma dívida de R$ 9 milhões na Toca da Raposa II. As cobranças são por sete meses de vencimentos atrasados, FGTS (Fundo de Garantia sobre Tempo de Serviço), férias, 13º salário e direitos de imagem. Ele está disposto a abrir mão de parte do débito para obter a saída de forma amigável.

A intenção inicial do estafe de Rafael era rescindir o contrato até 31 de janeiro passado para acertar uma mudança à Europa. Entretanto, como não conseguiu quebrar o compromisso antes do fim da janela de transferências local, não descarta seguir no Brasil.

O Atlético apareceu como uma oportunidade para o goleiro no mercado da bola. Ele não descarta deixar o Cruzeiro para defender o arquirrival e até vê a mudança com bons olhos por se tratar de uma permanência em Belo Horizonte, onde já tem residência fixa e possui familiares.

Esporte