PUBLICIDADE
Topo

Todos os nove corpos do acidente que matou Kobe Bryant são recuperados

Visão aérea da região do acidente que matou Kobe Bryant - MARK RALSTON/AFP
Visão aérea da região do acidente que matou Kobe Bryant Imagem: MARK RALSTON/AFP

Los Angeles (EUA)

28/01/2020 18h17

Os corpos das nove vítimas do acidente de helicóptero em que morreu a lenda do basquete Kobe Bryant foram recuperados e evacuados do local do acidente, nos arredores de Los Angeles, informou o departamento de medicina legal nesta terça-feira (28).

Os restos mortais de três vítimas foram recuperados no domingo e das outras seis, na segunda, detalhou em um comunicado.

"Na tarde de domingo, o pessoal da Equipe de Resposta de Operações Especiais recuperou três corpos dos restos do helicóptero, localizado no bloco 4200 da estrada Las Vírgens em Calabasas", cidade localizada a noroeste de Los Angeles.

"No dia seguinte, a busca pelos outros seis ocupantes do helicóptero continuou. Pouco depois, seus corpos foram localizados, tirados do local do acidente e transportados para o Centro de Ciências Forenses do departamento", acrescentou o texto.

"Atualmente, os investigadores estão trabalhando ativamente na identificação dos mortos. Além disso, estão sendo realizados exames nos corpos. O departamento de medicina legal dará atualizações imediatas dos nomes dos mortos assim que sejam oficialmente verificados e que seus familiares sejam notificados".

O Sikorsky S-76 em que Bryant viajava com sua filha de 13 anos, Gianna, e outras sete pessoas caiu na manhã de domingo nas colinas perto de Calabasas.

Bryant, de 41 anos, viajava em seu helicóptero privado do condado de Orange, onde morava, para sua academia esportiva Mamba, em Thousand Oaks, onde a filha disputaria uma partida de basquete.

A notícia de sua morte chocou o mundo inteiro, especialmente Los Angeles, que lhe assistiu jogar por 20 anos.

A investigação para determinar a causa do acidente continuou nesta terça-feira.

Esporte