PUBLICIDADE
Topo

Apresentadora da ESPN chora ao lembrar amor de Kobe Bryant pelas filhas

Kobe Bryant e a filha Gianna em uma partida de basquete em Las Vegas - USA TODAY USPW
Kobe Bryant e a filha Gianna em uma partida de basquete em Las Vegas Imagem: USA TODAY USPW
do UOL

Do UOL, em São Paulo

28/01/2020 08h24Atualizada em 28/01/2020 17h00

A apresentadora Elle Duncan, da ESPN americana, se emocionou ao falar sobre a relação que Kobe Bryant tinha com as suas filhas. Em um depoimento no Sportscenter de ontem, a jornalista lembrou de um encontro que teve há dois anos com o ex-jogador do Los Angeles Lakers, que morreu em um acidente de helicóptero no último domingo.

No ocasião, durante os bastidores de um evento em Nova York, Elle estava grávida de oito meses e se aproximou para pedir uma foto com Kobe. Ao ver a barriga da apresentadora, o ex-jogador se entusiasmou, iniciando uma conversa que rendeu a reflexão da jornalista, assim relatada.

Ao ouvir de Elle Duncan que ela esperava uma menina, ele se empolgou. "Toca aqui, meninas são as melhores".

A jornalista, então, questionou se Kobe e sua esposa pensavam em ter um filho, já que eles já tinham três filhas.

Kobe, então, respondeu: "Eu teria cinco filhas mais se eu pudesse, eu sou um pai de meninas".

Na conversa, ele ainda comentou com entusiasmo sobre Gigi Bryant, que iniciava sua carreira no basquete e também morreu no acidente. "Ela é melhor do que eu nesta idade".

Finalizando o relato, Elle Duncan refletiu, com a voz embargada. "A única pequena fonte de conforto para mim é saber que ele morreu fazendo o que mais amava: ser pai. Ser pai de menina".

O relato emocionou os internautas, que destacaram o fato de a apresentadora, em uma simples história, ter representado o amor de Kobe pelas filhas.
Além de Gigi, Kobe Bryant e sua esposa Vanessa tiveram outras três filhas: Natalia, Bianca e Capri, nascida há apenas sete meses.

Kobe Bryant morre em acidente de helicóptero

UOL Esporte

Esporte