PUBLICIDADE
Topo

Ajax é mais um interessado em tirar o atacante Antony do São Paulo

 Antony comemora gol pelo São Paulo durante partida contra o Vasco no Morumbi, pelo Brasileirão de 2019 - Bruno Ulivieri/AGIF
Antony comemora gol pelo São Paulo durante partida contra o Vasco no Morumbi, pelo Brasileirão de 2019 Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF
do UOL

Bruno Grossi e Danilo Lavieri

Do UOL, em Araraquara (SP) e Armênia (Colômbia)

28/01/2020 18h51

Resumo da notícia

  • Ajax entrou na concorrência para tirar Antony do São Paulo
  • Clube holandês prepara oferta de compra pelo jovem de 19 anos
  • Tricolor tenta mantê-lo até o meio do ano, mesmo se vender agora
  • Outros interessados vêm da Alemanha e da França

A concorrência para tirar Antony do São Paulo aumentou. O último clube a entrar nessa disputa é o Ajax e a promessa é de uma investida forte para comprar o jogador de 19 anos, que tem contrato com o Tricolor até 30 de junho de 2024. Recentemente, o clube paulista chegou a rejeitar ofertas de 18 milhões de euros (cerca de R$ 83,4 milhões) e subiu a pedida pelo jovem criado em Cotia.

Antes do Ajax, agora tratado como favorito pelo negócio, já haviam procurado o São Paulo o Borussia Dortmund e o RB Leipzig, da Alemanha, além do Nice, da França. Os alemães foram mais diretos nas conversas, sendo que o Dortmund mandou até representantes para jantar com Antony e conhecê-lo melhor.

A maior parte das janelas de transferência na Europa terminam nesta sexta-feira (31). Ou seja, serão poucos dias até a definição do caso. Antony está com a seleção brasileira sub-23 na disputa do Pré-Olímpico, na Colômbia. Seus empresários devem viajar para acompanhá-lo no fim da semana.

Conforme publicou o UOL Esporte hoje, o São Paulo quer propor aos interessados por Antony que o atacante seja mantido no Morumbi até o meio do ano. A ideia é tentar obter um retorno esportivo antes de consumar a saída, com foco no Campeonato Paulista. Ele é titular da equipe e vinha sendo substituído por Helinho, que se lesionou. Na seleção, ele também está entre os titulares.

O Tricolor precisa vender atletas nesta temporada para compensar um déficit de R$ 180 milhões registrado no ano passado.

Esporte