PUBLICIDADE
Topo

Ramiro admite culpa por 2019 ruim: "Não transfiro responsabilidade"

Ramiro celebra gol pelo Corinthians contra o Atlético Nacional - Rafael Ribeiro/Florida Cup
Ramiro celebra gol pelo Corinthians contra o Atlético Nacional Imagem: Rafael Ribeiro/Florida Cup
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/01/2020 23h42

Autor do gol do Corinthians no empate com o Mirassol em 1 a 1 ontem, Ramiro comparou seu atual momento com a temporada 2019. Em participação no Bem, Amigos!, do SporTV, o meio-campista reconheceu sua parcela de culpa por não conseguir emplacar uma boa sequência como titular no ano passado.

"Eu não transfiro responsabilidade para ninguém. Eu sempre me dediquei para ajudar o time ano passado, mas talvez não encaixasse na maneira de jogar. Mas a culpa é só minha. Em 2020, botei na cabeça que seria um ano diferente, quero ajudar o Corinthians entre os 11 e isso vem funcionando desde a pré-temporada e agora nos jogos", declarou o jogador.

Ramiro ainda falou sobre a chegada de Luan, seu ex-companheiro de Grêmio, ao Corinthians. O jogador destacou que o entrosamento dentro de campo pode favorecer o jogo de ambos.

"A questão do entrosamento é muito importante. Saber como o Luan gosta de receber a bola, como ele entende o jogo, acelera e cadencia o jogo. Isso é muito importante dentro de campo. A nossa conversa dentro de campo é quase automática e isso faz diferença. Espero reeditar a grande dupla que fizemos e fazer um grande ano no Corinthians", completou.

O Corinthians volta a jogar na próxima quinta-feira (30). A partir das 21h30, o time da capital paulista visita a Ponte Preta, em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Paulista.

Esporte