PUBLICIDADE
Topo

Após mudar jogo, Miguel mostra personalidade no Flu: "Tem que ser abusado"

do UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

23/01/2020 22h33

O Fluminense venceu mais uma e segue 100% no Campeonato Carioca. Na vitória desta quinta-feira (23), por 2 a 0, sobre a Portuguesa, no Maracanã, o destaque foi o meia Miguel, de apenas 16 anos. E não foi só com a bola que o menino mostrou personalidade.

"Ah, tem que ser (abusado). Se não não anda. Com o passar do tempo, a gente vai jogando, vai pegando mais ritmo, ficando mais à vontade. Estou me acostumando aos companheiros, pegando mais intimidade ali no campo", declarou na saída de campo.

Foi dos pés da joia de Xerém que saíram as melhores jogadas do Tricolor. Enfiadas de bola, dribles, chutes, o menino deitou e rolou no Maracanã, transformando da água para o vinho um time que tinha feito um primeiro tempo modorrento.

Outro que se destacou na vitória do Flu foi o experiente Nenê, chamado de "vovô" por Miguel. Foi do camisa 77 o primeiro gol do jogo, de pênalti, sofrido por Lucas Barcellos.

"É um ambiente bom, não tem essa coisa de idade. Aqui todo mundo tem a sua importância. Estou feliz por mais uma vitória. Ele (Miguel) entrou bem no jogo, espero que nos ajude a conquistar mais vitórias", disse.

Aos 38 anos, o meia tem bom início de ano em 2020, com dois gols em duas partidas. Com o time formado por reservas e jovens, ele tem assumido o protagonismo no time de Odair Hellmann.

"Eu procurei me cuidar nas férias, não abusar tanto, isso já ajuda. E fechar um pouco a boca. É diferente quando você pega a temporada desde do começo. Fico feliz por poder ajudar em campo nesse início de campeonato", disse.

Esporte