PUBLICIDADE
Topo

Respaldado por Adilson Batista, joia do Cruzeiro recusa ofertas de Portugal

do UOL

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

18/01/2020 04h00

Welinton Torrão, de 20 anos, foi promovido ao profissional do Cruzeiro no ano passado, com Mano Menezes. Porém, ele só se consolidou na equipe principal sob a batuta de Adilson Batista. Em menos de dez dias de 2020, o atacante recebeu duas ofertas de empréstimo do futebol português. Contudo, descartou ambas, sobretudo pela confiança que tem com o técnico da equipe.

Incluído na lista de garotos promovidos ao time profissional e que disputarão o Campeonato Mineiro a partir da próxima quarta-feira (22), Torrão teve propostas de empréstimo da Europa. Ambas foram levadas por Adelson Duarte, agente ligado ao ex-vice-presidente Itair Machado. Benecy Queiroz, que voltou a ter força no futebol do clube, sinalizou com a saída do atleta, que preferiu seguir na capital mineira.

O Marítimo, de Portugal, queria o empréstimo de Welinton Torrão por três temporadas. A proposta, no entanto, não agradou ao próprio jogador, que preferiu permanecer no Cruzeiro. Diante da recusa inicial, outro clube de Portugal procurou o jovem. O Nacional da Ilha da Madeira queria um acordo de apenas uma temporada. Todavia, novamente, o jovem preferiu seguir na Toca da Raposa.

O respaldo de Adilson Batista foi o que fez o atacante de 20 anos recusar a saída da Toca da Raposa II. Ele preferiu seguir na equipe mineira e tentar aproveitar as chances que terá durante o Campeonato Mineiro, já que o Cruzeiro está se desfazendo de jogadores importantes e sofrerá perdas consideráveis no setor ofensivo.

Esporte