PUBLICIDADE
Topo

Grêmio atinge objetivo com Orejuela e resolve carência dos últimos anos

do UOL

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

18/01/2020 04h00

O Grêmio entrou de férias com a meta de contratar dois novos laterais direitos para o elenco principal e sabia quem queria. Na metade de janeiro, o clube gaúcho pode riscar a meta da lista do mercado da bola. Com Luis Orejuela, o time gremista atinge o que havia almejado e supre carência que se tornou crônica nos últimos dois anos.

Orejuela, emprestado pelo Cruzeiro, se junta a Victor Ferraz, ex-Santos. Os dois eram sonho de consumo de Renato Gaúcho e diretoria antes mesmo do fim do Campeonato Brasileiro.

O colombiano do Cruzeiro agradou pela vitalidade e o experiente lateral do Santos sempre encheu os olhos de Renato pela liderança e bom apoio. Na visão da comissão técnica, o elenco passa a ter duas opções que se completam em características e encaixam no modelo de jogo ofensivo do Grêmio.

Em 2018 e 2019, o Grêmio penou com laterais. Léo Moura sofreu com problemas físicos e o desfalque de Leonardo foi bastante sentido em diversos jogos. O caso se agravou no segundo semestre do ano passado, com a lesão no joelho do camisa seis.

A chegada de Rafael Galhardo, no início de 2019, foi uma tentativa de agregar quantidade. Emprestado pelo Vasco, o lateral não conseguiu ir bem e foi liberado em dezembro.

Além de Luis Orejuela e Victor Ferraz, o Grêmio também anunciou Lucas Silva, ex-Cruzeiro, e está acertado com outros dois nomes. Vanderlei, goleiro do Santos, e Caio Henrique, meia e lateral do Atlético de Madrid. Os dirigentes aguardam a burocracia para os anúncios oficiais.

Esporte