PUBLICIDADE
Topo

Flu adota cautela, mas negócio por Fred caminha; Cruzeiro liberará jogador

do UOL

Caio Blois e Thiago Fernandes

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ) e em Belo Horizonte (MG)

18/01/2020 04h00

O Fluminense se aproxima de fechar o retorno do ídolo Fred. A negociação com o atacante, ainda que o clube não admita, caminhou nos últimos dias. O jogador já tem noção de valores e duração de contrato, que terá variáveis. Resta ainda a liberação por parte do Cruzeiro, em conversa que esbarrou em alguns obstáculos.

O camisa 9 recebeu sondagens de outros dois clubes da Série A que não se configuraram em propostas. O desejo de Fred ainda é atuar num time competitivo, e o jogador vê no Tricolor uma chance de unir o útil ao agradável. Após o rebaixamento do Cruzeiro, o atleta sentiu bastante o peso das críticas e a situação vivida em 2019, o que também lhe fez repensar em um retorno às Laranjeiras para os últimos passos da carreira.

O estafe do jogador foi procurado, participou das conversas e aprovou os números envolvidos, que não foram revelados. Há ainda dúvidas sobre a parte variável e a duração do contrato, que deve prever uma migração do campo para a área de gestão. A ideia do Flu, além da parte esportiva, é ter um "garoto-propaganda" que dialogue com o torcedor e também seja um símbolo da retomada do clube na parte administrativa.

"Como sempre falei, temos vontade de trazê-lo de volta, mas dentro das condições do Fluminense. Todo mundo sabe disso, ele sabe disso. Mas enquanto ele não se resolver com o Cruzeiro, não abrimos conversa. Ele tem vínculo até o fim de 2020, está apresentado, treinando. Não tenho costume de conversar com jogadores que têm vínculo, a não ser que o clube abra uma possibilidade", declarou o presidente Mario Bittencourt em evento de lançamento do Campeonato Carioca, na quinta-feira (16).

Fred avalia com carinho a proposta do Fluminense, mas já admitiu para pessoas próximas o desejo de retornar ao Rio de Janeiro. Os poucos detalhes que restam para um acordo não se desenham decisivos. A questão é que o jogador quer um acordo amigável com o Cruzeiro, o que está um pouco longe no momento. A dívida exponencial e uma discordância jurídica jogam contra o "casamento" do ídolo com o Flu.

Nas Laranjeiras e no CT Carlos Castilho, a negociação envolvendo Fred é assunto entre funcionários, torcedores e até atletas. A volta não parece mais questão de "se", mas de "quando". Ao mesmo tempo, a diretoria trabalha com calma, adota cautela e aguarda o desfecho das conversas com a diretoria celeste, que possui ótima relação com a tricolor.

Sem condição nem clima para manter Fred em 2020, os cruzeirenses negociam um bom acordo para todas as partes, mas indicam que a liberação não será problema. O que resta, ainda, é um denominador comum para que jogador e clube sigam caminho.

Esporte